Publicidade
Entretenimento
Pintora

A arte instintiva e apaixonada de Darci Miwa - O infinito

Artista tem jeito particular de ver a arte e o fazer artístico no Amazonas 07/09/2012 às 16:32
Show 1
Mini-ateliê de Darci Miwa
Laynna Feitoza Manaus, AM

Capitalismo x arte

Sobre a arte e sua acessibilidade, Darci defendeu seu ponto de vista. “Eu prezo pela arte acessível. Em leilões, muitas telas custam mais de mil reais. O belo não precisa ser necessariamente caro”, disse Miwa, cujo preço de seus quadros variam em torno de R$ 30 a R$ 250.

Amazonas: artista desconhecido

Quanto à arte local, a pintora ressaltou a beleza do Amazonas, dizendo não perceber muita valorização por parte do público amazonense aos elementos artísticos da região.

“Infelizmente, quem valoriza a arte do Amazonas são as pessoas de fora. Não generalizo, mas muitos amazonenses só acham bonito o que contém cobras, onças, macacos, etc. O Amazonas é mais que isso, há coisas maravilhosas aqui. Minha crítica vai ao desconhecimento que muitos têm de sua própria arte local. Há lugares em Barcelos, por exemplo, que não perdem pra nenhum outro lugar do país.  Há muito mais para ser retratado. A imaginação precisa voar”, enfatizou a artista.

Educação como fiadora da arte

A arte precisa ser inclusa nos primeiros contatos do indivíduo com a educação, sugeriu Darci. “Penso que a Secretaria de Cultura do Amazonas poderia introduzir nas escolas, desde o primário, disciplinas voltadas para música, arte, dança. Disseminar a arte desde cedo. É um absurdo ouvir de alguns amazonenses, como já ouvi, que não sabem que no Teatro Amazonas se entra. Não há divulgação o bastante nesse sentido. Já há incentivos, mas precisamos de muito mais”, protestou a pintora, finalizando com a frase lema de sua vida: “Eu respiro arte”.

Contato

Para quem quiser adquirir as obras da artista Darci Miwa, entrar em contato através do número (92) 8230-0149.