Publicidade
Entretenimento
Vida

Advogado da RCC lança livros em defesa de jornalistas e empresas de comunicação durante Bienal

Júlio Antônio Lopes, advogado e diretor jurídico da Rede Calderaro de Comunicação (RCC) expõe obras que têm como objetivo ajudar as empresas e jornalistas a agir diante de diversos fatos envolvendo a Justiça 01/05/2012 às 21:35
Show 1
O advogado e Diretor Jurídico da RCC, Júlio Antônio Lopes, expõe livros durante I Bienal do Livro Amazonas
acritica.com ---

Liberdade de expressão e pensamento para os jornalistas e os meios de comunicação. É o que defende Júlio Antônio Lopes, advogado e diretor jurídico da Rede Calderaro de Comunicação (RCC). Júlio esteve presente durante a I Bienal do Livro Amazonas para divulgar suas obras literárias, da coletânea “Direito de Expressão – O sigilo da fonte”, “STF e Imprensa – Temas Atuais” e a obra biográfica “A Crítica de Umberto Calderaro Filho”, todas da Editora da Amazônia.

Júlio advoga há 22 anos em empresas de comunicação e seus livros têm como objetivo ajudar as empresas e jornalistas a agir diante de diversos fatos do cotidiano. “Os livros servem como um manual para os profissionais que atuam nos mais diversos veículos, direcionando-os em casos que envolvam a justiça”, explica o advogado.

A respeito da queda do diploma para os jornalistas - decisão do STF, em 2009 – Júlio afirma que isto não desqualifica os profissionais. “Qualquer profissão exige pessoas qualificadas. Acredito que o diploma é muito importante e as grandes empresas entedem isso, tanto que a maioria dá preferência para os profissionais formados ”, ressalta.

A Editora da Amazônia faz parte da RCC e foi idealizada pela vice presidente do grupo, Cristina Calderaro, para divulgar livros e outras obras focadas na região e temas amazônicos. “A Bienal trouxe uma boa oportunidade para a editora, superando todas as nossas expectativas. As vendas estão alavancando e o público prestigia os autores e estão adquirindo as obras”, disse Júlio.

Com pouco mais de um ano de existência, a Editora da Amazônia lançou cerca de dez livros, revistas e souvenirs. “Todas as edições lançadas estão em momento de reedição. É a segunda vez que participamos de uma feira de livros e os resultados estão sendo positivos. Ainda há livros em produção com o lançamento previsto para fim deste ano”, finaliza Júlio.

No livro “A Crítica de Umberto Calderaro Filho”, o autor retrata a vida do jornalista fundador do Jornal A Crítica e da RCC. A publicação traz, ainda, dezenas de fotografias, depoimentos de amigos, da filha Cristina Calderaro Corrêa e de personalidades locais e nacionais.