Publicidade
Entretenimento
Vida

Advogado Júlio Antônio Lopes é eleito imortal da AAL

Ao todo 31 membros participaram da votação, que, segundo o secretário e imortal, Robério Braga, é a mais expressiva 24/09/2012 às 22:21
Show 1
O avogado foi eleito com 23 votos
Camila Pereira Manaus (AM)

Com um total de 23 votos, o advogado, jornalista e diretor jurídico da Rede Calderaro de Comunicação (RCC), Júlio Antônio Lopes, foi eleito, nesta segunda-feira (24), como imortal da Academia Amazonense de Letras (AAL). Ele ocupará a cadeira de número 23, correspondente ao patrono Cruz e Silva.

A comissão foi composta pelo ex-presidente da AAL, José Braga, imortal e secretário de Cultura, Robério Braga e o também imortal e ex-senador, Bernardo Cabral, que estiveram presentes na sede do Jornal A Crítica para parabenizar o novo imortal.

Ao todo, 31 membros participaram da votação, que, segundo o secretário e imortal, Robério Braga, é a mais expressiva. “Trata-se de um quórum inédito na história da academia e reabre ao jornalismo, que sempre esteve muito presente na academia”, declarou.

“É um momento de muita felicidade. Júlio passa ser o que faz o que realiza. A Academia sempre foi composta por pessoas das artes, medicina, mas os jornalistas sempre estiveram presentes, inclusive o atual presidente, Arlindo Porto”, comentou José Braga.

Para o advogado é um orgulho ser eleito. “A realização de um sonho de criança, que sempre gostou de ler, que usava mesada para comprar livros”, relembrou emocionado que era motivado pelo pai, o jornalista Julian Flores Lopes.

Já o ex-senador Bernardo Cabral disse que Júlio Lopes venceu por mérito. "Júlio concorreu com outras três pessoas, mas venceu pelo mérito que tem. É o coroamento”, concluiu.

Lopes, que possui uma coluna semanal no Jornal A Crítica, aproveitou para destacar a honraria de se juntar a nomes ilustres das letras. “O reconhecimento é recíproco. Estar ao lado da elite intelectual com a missão de cultual e promover as letras. Pretendo contribuir cada vez mais, como venho fazendo nos artigos e com outros que ainda irei escrever. Agradeço imensamente a Rede Calderaro, a senhora Cristina Calderaro e ao Senador Bernardo Cabral”.

Dentre as obras do advogado Júlio Lopes destaca-se a biografia “A Crítica de Umberto Calderaro Filho”, sobre o jornalista criador da Rede Calderaro de Comunicação, publicado em outubro de 2010. Para este ano está previsto o lançamento da biografia de Bernardo Cabral.