Publicidade
Entretenimento
Vida

Amazonense recria clássico de Maurício de Souza

Roteirista regular da editora de Mauricio desde junho de 2011, Romahs preparou uma história de quatro páginas com a Turma da Mata 08/08/2012 às 08:03
Show 1
Romahs é roteirista regular da Mauricio de Sousa Produções há mais de um ano
Virgílio Simões ---

Esta semana, durante a 22ª Bienal do Livro de São Paulo (de 9 a 19 de agosto), a Mauricio de Sousa Produções (MSP) lança o álbum “Ouro da Casa”. Trata-se de uma coletânea de histórias curtas, onde artistas do estúdio recriam, em seus próprios estilos, as personagens clássicas do “pai da Mônica”. O quadrinhista Rogério Mascarenhas, mais conhecido como Romahs, é o representante do Amazonas na publicação.

Roteirista regular da editora de Mauricio desde junho de 2011, Romahs preparou uma história de quatro páginas com a Turma da Mata. “Eu já havia desenvolvido algumas histórias da turma do rei Leonino, misturando um pouco com o clima das fábulas de Esopo, pois elas compõem uma crítica social muito interessante, com as figuras do rei, do povo, do artista e as questões de governo. Desta vez, resolvi investir em outra ideia: contar a história do rei como se fosse uma saga medieval, com aventuras de capa e espada, concentrada nas andanças do Leonino adolescente acompanhado pelo coelho Caolho”, comentou.

Reinvenção
 “Ouro da Casa” fecha a série de quatro livros iniciada com “MSP 50”, que contou com artistas de renome, convidados pela editora. O segundo álbum, “MSP +50”, seguiu a mesma premissa, mas os convidados foram principalmente artistas de fora do eixo Rio-São Paulo. Foi neste trabalho que Romahs teve a oportunidade de apresentar seu talento, criando a história onde a Mônica ganha seu coelhinho Sansão.

 O terceiro volume foi chamado “MSP 50 Novos Artistas”, com convidados que ficaram de fora dos dois primeiros. Romahs conta que sua relação com o estúdio começou realmente quando ele foi à Bienal para o lançamento do segundo livro. “Percebi que muitos roteiristas trabalhavam em casa, enviando seu trabalho pela Internet, e alguns não moravam em São Paulo. Criei coragem e sugeri participar de um teste, para ver se funcionava. Na época, eu estava envolvido em muitos trabalhos, e acabei demorando seis meses para começar a enviar o material”, lembrou.

Apenas o início
Desde novembro último, Romahs produz em média 60 páginas mensais para o estúdio. Ele já se tornou “prata da casa” e assim recebeu o convite para participar do livro de conclui a coleção. Por suas palavras: “Esse álbum é interessante, pois dá oportunidade aos colaboradores mostrarem seus traços particulares. Muitos são desenhistas lá. Entre os roteiristas, letristas, coloristas, vários desenham. É a chance de mostrar algo diferente do estilo padrão da turma da Mônica”. E para o futuro? “Estou batalhando para transformar esta saga numa história longa. O estúdio tem uma nova coleção, a ”Graphic MSP“, para álbuns com histórias longas fechadas, e quero concluir a história nesse formato”.

Perfil
Romahs Amazonense de 41 anos de idade, é integrante do Clube dos Quadrinheiros de Manaus. Começou a publicar no fanzine “Gothic”, na dácada de 1990. Ilustrou diversos livros infantis e criou a tirinha “Bia & Luli”, inspirada em suas filhas. Atualmente trabalha para a MSP e também é cartunista de A CRÍTICA.

Saiba +
A Mauricio de Sousa Produções publica, em parceria com a Panini Comics, as revistas da Turma da Mônica e da Turma da Mô- nica Jovem. “Ouro da Casa” tem 200 páginas coloridas, formato 19 x 27,5 cm, e preço de R$ 64 (capa dura) e R$ 49,90 (cartonada).