Publicidade
Entretenimento
Entrevista Ana Paula

Ana Paula Valadão fala sobre missão de cantar o Evangelho

A cantora cristã esteve em Manaus para a gravação do próximo DVD com a banda Diante do Trono. Ela concedeu entrevista exclusiva a A Crítica 18/06/2012 às 08:45
Show 1
Ana Paula gravou o DVD após a Marcha para Jesus, que aconteceu no dia 9 de junho, no Sambódromo
Bruno Strahm Manaus

 Ícone do cenário musical gospel brasileiro, com 15 anos de carreira e mais de 29 álbuns lançados à frente da banda Diante do Trono, a pastora Ana Paula Valadão fez há poucos dias uma longa visita ao Amazonas, que começou com um show no encerramento da Marcha para Jesus, e seguiu com a gravação de cenas extras para o DVD de seu grupo em Manaus e em comunidades próximas.

 Entre um item e outro de sua agenda corrida, Ana Paula concedeu entrevista exclusiva a A CRÍTICA, onde falou de seu trabalho com o DT, de seus passeios pelo interior do Estado e até do lixo deixado após a Marcha para Jesus, que se tornou polêmica nas redes sociais.

AC - Já são 15 anos de uma carreira musical consolidada. A animação continua a mesma para subir ao palco?

Continua, com mais maturidade agora, é claro. Mas com o mesmo frio na barriga toda vez que avisto a plateia em polvorosa.

AC - O saldo da viagem ao Amazonas foi positivo, deu para passear pelo interior?

Sim, além de estar em Manaus para a festa gloriosa que foi no Sambódromo, nós ficamos um tempo a mais para gravar alguns clipes nos arredores. Porque queríamos fazer um DVD diferente, não queria só passar por aqui. Queremos levar algumas marcas da cidade conosco. Então, esta natureza tão exuberante foi captada em vídeo, assim como o Rio Negro e a tribo indígena dos Sateré Mawe. Fomos também a duas comunidades ribeirinhas em Manacapuru, mostrando a dor das pessoas que foram atingidas pela enchente. E claro, a beleza da vida simples que os ribeirinhos levam. Deu vontade de ligar pro marido em Belo Horizonte e mandar ele vir com as crianças para cá.

AC - E na cidade?

Estive numa comunidade muito carente, visitei o Bairro da União, vendo a necessidade daquela gente sofrida. Registramos tudo para a produção do DVD.

AC - Este foi o primeiro DVD gravado com a nova formação da banda?

Na verdade, desde o ano passado, quando gravamos no Rio Grande do Norte, nós já tínhamos esta formação. Temos alguns novos integrantes, inclusive um manauara! O Sebastião (Batista, ou Tião) começou a cantar com a GNT e no coral este ano. Já na parte técnica, de produção a equipe é toda nova. Foi realmente tudo novo aqui em Manaus.

AC - Pastora, você acha que ainda existe aquela barreira que separa os artistas do gênero gospel do público em geral? Ou este público já consome a música gospel como a de qualquer outro artista?

Acho que ainda existem pessoas que tem algum tipo de preconceito com a música evangélica, que é uma música que fala de Deus e de Jesus. Não podemos perder nossa essência, a fim de alcançar um público mais abrangente. Claro, posso cantar sobre o amor ou a natureza, mas minha verdadeira missão é cantar o Evangelho. E por isso eu sempre vou encontrar algumas pessoas que não querem ouvir minha mensagem. Mas nós, da Diante do Trono, podemos celebrar que já conquistamos muito mais espaço do que tínhamos anteriormente, tanto de público, quanto de mídia.

AC - Houve uma polêmica reverberada nas redes sociais envolvendo a Marcha para Jesus, realizada no último dia 9, com pessoas reclamando do lixo deixado na rua pelo fiéis nos locais por onde a Marcha passou. Acha que isto ocorreu por preconceito da sociedade com os evangélicos?

Penso que o evangélico sempre será alvo de cobranças. Sempre estamos dizendo que as pessoas precisam ser diferentes, que precisamos amar o próximo e dar exemplo de caráter. Por esta razão, sempre haverá uma cobrança a mais da sociedade. Pessoalmente concordo que os participantes da Marcha deveriam ter catado o lixo do chão, e aproveitado esta oportunidade para dar um ainda melhor testemunho. Mas você sabe que o fato de nós termos nos convertidos a Jesus não nos livra de erros. Estamos no meio deste processo, então a sociedade precisa entender que não somos perfeitos, também erramos.

AC - Que mensagem você deixa aos seus milhares de fãs amazonenses, pastora?

Queria agradecer a multidão de pessoas que compareceram à Marcha e que depois foram ao nosso show e couberam no Sambódromo. A presença de vocês foi fundamental para fazer deste evento um marco, não só na história da Diante do Trono, mas na história de Manaus e na história do Evangelho no Brasil. Foi uma festa maravilhosa e inesquecível!

Saiba mais

Na semana passada, Ana Paula Valadão teve um comovente encontro com Suyanne Martins, de 13 anos. Fã de carteirinha, ela enfrentou uma viagem de seis horas para conhecer a cantora em Manaus.