Publicidade
Entretenimento
Cinemas

Animação e terror nas estreias do cinema

Uma princesa rebelde e a lembrança do acidente atômico de Chernobyl são as estreias da semana nos cinemas 20/07/2012 às 10:36
Show 1
Antes de " Valente" começar, os espectadores vão conferir o curta-metragem " La Luna", de Enrico Casarosa
Rosiel Mendonça/acritica.com Manaus

 A programação para o fim de semana vai ficar mais incrementada com as duas estreias que chegam hoje aos cinemas da cidade. A primeira delas é o filme “Chernobyl” (“Chernobyl Diaries”), da Paris Filmes, que tem direção de Bradley Parker. Do mesmo produtor e roteirista de “Atividade paranormal”, Oren Peli, “Chernobyl” recebeu no Brasil o estranho subtítulo “Sinta a radiação”.

 ‘VALENTE

Merida é a mais nova princesa da Disney e a primeira da Pixar. É em torno dela que gira o enredo de “Valente” (“Brave”), primeiro conto de fadas produzido pela Pixar, que já estava em pré- estreia na maioria dos cinemas da cidade. O filme veio na hora certa: as férias da garotada. A partir desta sexta-feira (20), quando entra oficialmente em cartaz, o longa passa a ser exibido em 11 horários nas redes Cinemark; em seis horários no Playarte; em quatro no Kinoplex/Severiano Ribeiro; e em duas salas de cada complexo da Cinemais. Mas, é bom ficar atento: a versão do filme em 3D não será exibida em todas as redes. Com direção de Mark Andrews e Brenda Chapman, “Valente” conta a história de uma princesa com espírito aventureiro que desafia os costumes do seu reino e chega a convidar seus três pretendentes para um duelo.

Pré-estreia de Batman

A estreia do tão esperado “Batman: O Cavaleiro das Trevas ressurge” (“The Dark Knight rises”) está mais do que confirmada para a próxima sexta-feira, dia 27, mas no dia 26 o filme já estará em pré- estreia nas redes Kinoplex/ Severiano Ribeiro e Cinemark. Sem versão em 3D, o longa encerra a trilogia iniciada por “Batman begins”, com direção de Christopher Nolan. Por pouco, “O Cavaleiro das Trevas ressurge” não sai. Nolan estava com dúvidas em relação à continuidade da série, mas retomou o projeto depois de delinear o enredo do filme com a ajuda de David Goyer.