Publicidade
Entretenimento
Vida

Aniversário de 74 anos do Olímpico Clube é comemorado com roda de samba e lançamento de enredo da Kamélia

A festa vai contar com a participação do grupo Amigos do Samba, do Mestre Saúba, além de Papaco e grupo Amor & Samba 16/10/2012 às 08:14
Show 1
'Clube dos cinco aros' preserva identidade aos 74 anos
Rosiel Mendonça Manaus, AM

Amanhã, o tradicional Olímpico Clube completa 74 anos de fundação e o Butiquim da Kamélia prepara uma roda de samba especial para comemorar a data no próximo sábado, dia 20, às 18h. A festa vai contar com a participação do grupo Amigos do Samba, do Mestre Saúba, além de Papaco e grupo Amor & Samba. O sambista carioca Marquinho Sathan será o convidado especial da noite. Os ingressos serão vendidos a R$ 10, mas os sócios do clube não pagam para entrar.

O vice-presidente do Olímpico e presidente do Império da Kamélia, Almério Botelho Júnior, adiantou que, durante a comemoração, o público vai conhecer o enredo da escola de samba para o Carnaval do próximo ano. Atualmente, a agremiação ocupa a terceira posição no grupo de acesso e é um departamento do “Clube dos cinco aros”.

Segundo o vice-presidente, que foi atleta do clube, o Olímpico é vitorioso em face da realidade que as outras associações vivem hoje. “Não só em Manaus, mas no Brasil inteiro, os clubes enfrentam evasão de sócios. Mas buscamos alternativas e, hoje, o Olímpico não é só um espaço de lazer. Os sócios têm à disposição inúmeros serviços, como academia e esportes com acompanhamento profissional”, explicou.

TRADIÇÃO

Manaus nem sempre teve esse porte de metrópole como tem hoje. Numa época em que a capital amazonense ainda era pequena, sem muitas opções de diversão, clubes como o Olímpico concentravam os grandes momentos de entretenimento da sociedade – é o que afirma a jornalista Hermengarda Junqueira, que frequentava a festa da Kamélia nos anos 1960.

“Mais do que isso, o Olímpico tem uma importância significativa para a história do Carnaval amazonense, pois foi o clube que mais incentivou a tradição do Carnaval através da Kamélia, uma festa que mobilizava a cidade inteira. Espécie de precursores da festa momesca, os Bailes do Havaí também fizeram história”, complementou.

Serviço

O que é:  Butiquim da Kamélia

Onde:  Olímpico Clube, avenida Kako Caminha, 501, Chapada

Quando:  Sábado, dia 20, às 18h

Quanto: R$ 10