Publicidade
Entretenimento
Buzz

Após grave acidente de jet ski, Sean Kingston volta ao Brasil para sua segunda turnê

Embora tenha apenas 21 anos, Sean Kingston participou de episódios conturbados que servem de conteúdo para suas letras. Na adolescência, ele foi preso por invadir uma propriedade privada e, em um outro momento, teve de morar em um carro temporariamente, quando viu sua mãe também ser detida 27/01/2012 às 09:17
Show 1
Rapper Sean Kingston
UOL/MÚSICA ---

Descoberto pelo mesmo produtor de Rihanna, Britney Spears e 50 Cent, o rapper americano Sean Kingston começa sua turnê pelo Brasil na noite desta sexta-feira (27), na Fundição Progresso, no Rio. A carreira do cantor está rodeada por vários nomes importantes da música pop contemporânea. Kingston já gravou com Justin Bieber e Wyclef Jean, abriu shows de Beyoncé e Gwen Stefani e dividiu o palco com o também rapper Ludacris.

Nascido em Miami, o cantor cresceu em Kingston, capital da Jamaica, de onde tirou seu sobrenome artístico. Sua música é essencialmente baseada em elementos do hip hop e do R&B americanos, mas também se aproxima bastante da dance music, como evidenciam as faixas “Eenie Meenie” (gravada com Bieber), “My Girlfriend”, “Fire Burning”, entre outras. Muitas músicas de Kingston contêm samples ou melodias de grandes nomes da história do pop/rock. “Dry Your Eyes” tem no refrão a melodia de “D’ye Mak’er”, do Led Zeppelin. O clássico do soul “Stand by Me”, de Ben E. King (regravado por John Lennon), serve de base para um dos primeiros sucessos do rapper, “Beautiful Girls”. Em “Can You Feel it”, ele sampleia “In the Air Tonight”, de Phil Collins.

Embora tenha apenas 21 anos, Sean Kingston participou de episódios conturbados que servem de conteúdo para suas letras. Na adolescência, ele foi preso por invadir uma propriedade privada e, em um outro momento, teve de morar em um carro temporariamente, quando viu sua mãe também ser detida. Em maio do ano passado, o rapper quase morreu em um acidente de jet ski em Miami. Ele sofreu fraturas na mandíbula e no pulso, teve ruptura da artéria aorta, além de infiltração de água nos pulmões.

O repertório dos shows no Brasil será baseado nos dois álbuns do cantor, “Sean Kingston” (2007) e “Tomorrow” (2009). Ele também deve apresentar seus singles mais recentes, “Party All Night (Sleep All Day)” e “Letting Go (Dutty Love)”, que inclusive podem ser incluídos em seu próximo trabalho, “Back 2 Life”, a ser lançado ainda este ano. Kingston já se apresentou no Brasil em 2008. Depois do Rio, ele toca em Campinas (28) e no festival Planeta Atlântida (RS), no dia 3 de fevereiro.

Quem abre a noite é o cantor Naldo, com um show baseado em seu álbum e DVD “Na Veia Tour”. Afinado com a atração principal da noite, suas músicas passeiam pelo funk, hip hop e pop tradicional. Naldo deve cantar sucessos como “Chantilly” e “Exagerado”, e homenagear seu falecido irmão Lula, com quem formava uma dupla.

Sean Kingston no Rio    
Quando: nesta sexta (27), às 23h    
Onde: Fundição Progresso. Rua dos Arcos, 24, Lapa
Quanto: de R$ 80 (pista) a R$200 (área VIP), na bilheteria da Fundição, nas lojas Banco de Areia (Botafogo Praia Shopping e Rio Sul), Casa do Atleta (Alcântara e Niterói) e South (Barra Shopping, Ilha Plaza Shopping, Nova Iguaçu Top Shopping, Shopping Tijuca, Nova América, Shopping Iguatemi, Méier, Plaza Niterói, Tijuca)
Classificação: 18 anos