Publicidade
Entretenimento
Buzz

Após hemodiálise, medicação e pressão cerebral de Pedro Leonardo diminuem

No fim da tarde, o cantor Leonardo esteve no local e disse que a família está pronta para que Pedro seja levado à São Paulo. "Mas a transferência vai depender da estabilidade do Pedro", contou 24/04/2012 às 19:01
Show 1
O estado de saúde Pedro Leonardo ainda é grave
UOL/MÚSICA ---

Depois de passar por sessão de hemodiálise que durou cerca de oito horas nesta terça (24), o cantor Pedro Leonardo teve diminuição na medicação e melhora no nível de pressão cerebral. Segundo o boletim médico emitido esta tarde, o filho do cantor Leonardo continua sem febre e teve boa resposta ao tratamento. Apesar das melhorias, o estado ainda é considerado "grave".

De acordo com o hospital Instituto Ortopédico de Goiânia, onde o cantor se encontra desde sábado (21), a transferência do paciente para o hospital Sírio Libanês, em São Paulo, nesta terça está descartada. No fim da tarde, o cantor Leonardo esteve no local e disse que a família está pronta para que Pedro seja levado à São Paulo. "Mas a transferência vai depender da estabilidade do Pedro", contou.

Mais cedo, a assessoria do hospital divulgou que ainda não era recomendado que o cantor fosse transferido. De acordo com a Dra. Ludmila Hajjar, coordenadora da UTI do Sírio Libanês, que acompanha de São Paulo o estado de saúde de Pedro, a transferência dele é uma opção da família. "O Pedro está sendo muito bem cuidado em Goiânia e trazê-lo para cá é uma opção da família, que quer buscar novos recursos. Se for preciso ir ao Japão eles vão para salvar o filho."

Leonardo disse também que o quadro de saúde do filho está avançando com melhoras. "Não foi a melhora que a gente queria, mas só de ter uma melhora de pouco a pouco, assim ele vai voltando para nós, aquele menino alegre que todo mundo conhece. Ele é só alegria."

Hemodiálise
A sessão de hemodiálise começou às 8h desta terça (24) a fim de controlar a insuficiência renal. Durante a tarde, o diretor da UTI, Wandervan Azevedo e a neurologista Edilene Guiotti, informaram que a hemodiálise é um "procedimento comum" nesses casos, que Pedro não apresenta febre nem hiportemia, mas que "neurologicamente o quadro é extremamente grave".

A suspensão dos medicamentos vem sendo feita aos poucos e, de acordo com Edilene, a equipe médica está monitorando como o cérebro de Pedro irá reagir. Ainda não há um diagnóstico preciso se o cantor terá problemas de fala ou motor. "O cérebro é um órgão dinâmico e hipersensível, ele [Pedro] pode acordar ou não reagir", explicou a neurologista.

No início desta manhã, o cantor fez exames de raio-x e de sangue. O inchaço no cérebro, que havia diminuído na segunda-feira (23), permaneceu sem alterações e, segundo a assessora do cantor, a família está “nas nuvens e aliviada”.

Em boletim médico, os médicos afirmam que o paciente ainda está sob sedação profunda, respira com ajuda de aparelhos e recebia altas doses de medicamentos que controlam a pressão arterial. Apesar da discreta melhora do edema cerebral, o estado de saúde de Pedro ainda é considerado grave.

Amigos e familiares
A esposa de Pedro, Thais Gebelein, falou com a imprensa no início da tarde desta terça (24). Ela agradeceu as orações dos fãs: "Acho que orações dos fãs e da família têm contribuído para a melhora dele", disse ela, que é mãe de Maria Sophia, de 11 meses, fruto do relacionamento com o cantor. Thais contou que no dia do acidente trocou mensagens pelo celular com Pedro logo após o show em Uberlândia (MG). "Fiquei atordoada quando soube do acidente, acho que ele decidiu viajar sozinho não por falta de responsabilidade, mas por excesso. Ele devia ter algum compromisso marcado", opinou Thais.

Pelo Twitter, Carlinhos da Silva, que ficou amigo de Pedro no reality show "A Fazenda", pediu orações para o cantor: "Vamos orar muito pela recuperação do meu irmão. Homem de Deus e família", escreveu o humorista no microblog.

Procurado pelo UOL, o consultor de etiqueta Fábio Arruda, que também participou de "A Fazenda", disse que está na torcida pela melhora de Pedro e já enviou mensagem para a mãe do cantor. "Ele é um garotão boa gente, bom astral, desprovido de qualquer maldade, extremamente decente. Torço por sua melhora. O que vale nessa hora é energia positiva", contou.

Na noite desta terça-feira, o hospital autorizou que o pai de Pedro, o cantor Leonardo, e o primo Thiago entrassem na UTI para dar apoio a Pedro. Os dois conversaram com Pedro, e por cerca de uma hora disseram palavras de incentivo, carinho e força.

Em seu Twitter, Thiago agradeceu pelo apoio dos fãs. "Obrigado Brasil pelo carinho, tenho certeza que nosso Pedrão vai voltar a ficar bom logo, vamos continuar nas correntes de oração. Teve uma melhora no edema, a febre passou entaum hj tivemos algumas boas noticias, mas ainda inspira cuidados, vams manter a fé. Obrigado Deus e continue dando força pro meu Irmao Pedro, que tenho muita fé que logo estaremos cantando para todo o Brasil, coisa que amamos fazer", publicou.

Acidente
Pedro, da dupla Pedro e Thiago, sofreu um acidente de carro na madrugada de sexta-feira (20) na rodovia MGC-452, no município de Tupaciguara (MG), próximo à divisa de Minas Gerais com Goiás. O jovem de 24 anos estava sozinho no carro quando, por volta das 6h55, sofreu o acidente na estrada MG-452, na altura da cidade de Araporã.

Carro do cantor Pedro Leonardo após acidente

De acordo com o médico Ernani de Oliveira Rodrigues, do Hospital Municipal Modesto de Carvalho, em Itumbiara (GO), Pedro chegou ao local sedado, por volta das 8h40. Ele passou por uma tomografia e, depois, por uma cirurgia na região do baço.

Em 2009, o cantor participou do reality show "A Fazenda", da Record, e foi eliminado na última semana do programa. Pedro é pai de Maria Sophia, nascida em maio do ano passado, fruto do relacionamento com Thais Gebelein. A menina é a primeira neta do cantor Leonardo.