Publicidade
Entretenimento
Arte sustentável

Arte a serviço do turismo em comunidade do interior do Pará

Artista plástica com trajetória ligada a ações sociais, oferece 50% do valor de venda de seus quadros como doação para projeto 21/09/2012 às 15:00
Show 1
50% do valor das telas vai ser revertido para beneficiar comunidade paraense
acritica.com Manaus

A comunidade de Anã, localizada na Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns, município de Santarém vai contar com uma ajuda extra para incentivo das ações de turismo realizadas no local. A arte de Graziela Pinto vai ser o canal para o apoio.

A artista já é reconhecida pelo público pela séria “ Ora Bolas” e também por doações de obras que já fez para outros projetos sociais e instituições como a Viva Cazuza.


Com diferentes vertentes de trabalho que vão desde o carvão até adesivos, colagens e acrílico, as obras de Graziela  remetem a positividade, liberdade e vivacidade, em diversas formas de contexto.

Engajada em projetos sociais, a artista firmou parceria com o Núcleo Oikos, organização que atual nos territórios da Amazônia e Vale do Ribeira, apoiando projetos que envolvem meio ambiente, cultura e geração de renda por meio de negócios comunitários.

 Desta vez, em parceria com o Projeto Saúde & Alegria, o Núcleo  apóia a arrecadação de recursos para a construção da casa de hóspedes da Comunidade de Anã, fortalecendo o Turismo de Base Comunitária no Rio Arapiuns, no Pará.


Localizada na Reserva Extrativista Tapajós – Arapiuns, Município de Santarém, a Comunidade será responsável pela gestão do turismo, iniciativa que representa uma oportunidade de geração de renda complementar para um número significativo de comunitários.

Com projeto arquitetônico elaborado pelo arquiteto Charles Dröescher, as casas de hóspedes comunitárias fazem parte do circuito de visitação que tem como conceito receber simultaneamente visitantes e pequenos grupos, com intenção de ser um modelo replicável para a região amazônica.

Além da prestação de serviço, as casas de hóspedes demandam o fornecimento de alimentos, que representa outra fonte de renda importante para os comunitários e proporciona também a comercialização de artesanato e outros produtos locais.

Quem se interessar em adquirir as obras, é só entrar em contato com a própria artista por email grapinto@terra.com.br ou telefone (11) 981379999.