Publicidade
Entretenimento
Vida

Artista amazonense volta a expor obras de arte na França

O artista Euros Barbosa que chegou à capital francesa com o seu “Fúria verde”, foi convidado por Marcelo Neves – dono da Marcelo Neves Galeria de Arte, em São Paulo – para exibir o quadro no Salon National des Beaux-Arts (SNBA) 18/12/2012 às 12:08
Show 1
Os 12 artistas brasileiros que expuseram em Paris partem, agora, para a capital paulista
Gabriel Machado Manaus, AM

“Fantástica”. Foi assim que o renomado artista plástico e chargista amazonense Euros Barbosa definiu sua experiência expondo em um dos museus mais importante do mundo: o Louvre, em Paris. O artista, que chegou à capital francesa com o seu “Fúria verde”, foi convidado por Marcelo Neves – dono da Marcelo Neves Galeria de Arte, em São Paulo – para exibir o quadro no Salon National des Beaux-Arts (SNBA), mostra que acontece anualmente no Carrousel do Louvre e que se encerrou no domingo, dia 16.

De acordo com Euros, a aceitação do público às obras brasileiras, durante os três dias de exposição, foi imediata. “Aqui é um berço da história da arte. Estou em um lugar recheado de galerias e, devido ao final do ano, exposições. As pessoas são muito interessadas em arte, estão sempre visitando mostras e comprando. É fantástico”, contou o artista, que dividiu os holofotes com outros 11 nomes nacionais, como Nuno Ramos, Magda Colares e Israel Macedo.

Segundo ele, ainda, outro fator que chamou bastante a atenção foi a grande admiração por parte dos franceses pelo Brasil. Certo dia, enquanto visitava uma mostra, localizada em um prédio tomado por artistas plásticos, próximo ao Louvre, ao saber da sua nacionalidade, um dos pintores puxou a bandeira verde e amarela e saiu correndo, gritando o nome do País. “Nem vi de onde ele veio (risos). Fiz até vídeos desse lugar, que é uma coisa mais underground”, completou.

Convite

O saldo da passagem de Euros por Paris foi tão positivo que o artista já agendou uma próxima exposição, a acontecer em Lyon – uma das maiores cidades francesas – e ainda sem data ou local definidos. “O convite partiu, inclusive, de uma amazonense que mora por lá, Aury Bentes. Ela visitou a mostra no Louvre no domingo e ficamos de conversar mais antes de eu retornar ao País, na quinta-feira”, revelou o artista, que deve aterrissar na “terrinha” no dia 21.

São Paulo

Encerrado o SNBA, as 12 obras brasileiras enfrentam, agora, uma longa viagem de volta ao Brasil, mais precisamente, à capital paulista. Isso porque, na segunda quinzena de janeiro, os trabalhos expostos em Paris serão foco de uma mostra na Marcelo Neves Galeria de Arte, organizada pelo seu proprietário e o artista plástico paulistano Nuno Ramos.

Serviço

o que é: Exposição com as obras que compuseram o Salon National des Beaux-Arts (SNBA)

onde:  Marcelo Neves Galeria de Arte, em São Paulo

quando:  Segunda quinzena de janeiro