Publicidade
Entretenimento
ARTE

Artista inaugura exposição que alerta para questão ambiental em Manaus

A exibição 'Lugar de Sensação' é composta de instalações e objetos que foram trabalhadas com cortes e recortes, além de colagens, costuras, soldas e emendas 20/11/2017 às 12:31 - Atualizado em 20/11/2017 às 17:15
Show exposi  o 6
Para este trabalho, a autora usou como as muitas referências do cotidiano urbano de Manaus (Fotos: Jair Araújo)
Alexandre Pequeno Manaus (AM)

Se a arte também possui uma função social, capaz de alertar e ensinar o homem a intervir no seu mundo para garantir o equilíbrio e harmonia da humanidade, a artista brasileira Eliana Chaves está cumprindo seu papel com eficiência. Sua exposição “Lugar de Sensação”, inaugurada na última terça (14), no Casarão de Ideias (rua Barroso, 279, Centro) transmite seu principal objetivo: alertar a população sobre os riscos do descarte incorreto de materiais que poderiam ser reciclados.

Com passagens por Manaus na adolescência, a artista retornou a capital amazonense há quatro anos. “Quando cheguei aqui, vi uma cidade que não recicla o seu lixo, e a cidade de onde vim, São José dos Campos possui um sistema rico em reciclagem e coleta seletiva. Não encontrei isso aqui e fiquei muito incomodada”, conta.

Sentindo essa falta de políticas públicas direcionadas a educação ambiental, Eliana diz que, aos poucos, foi começando a juntar alguns plásticos coloridos, resultando uma espécie de paleta de cores. Com isso, banners, canudos de várias cores, embalagens plásticas de uso doméstico e outros diversos materiais que iriam para o lixo ou aterros sanitários começaram a virar arte nas mãos dela.

Educação

Atualmente professora de Artes no Ensino Fundamental e Médio das Secretarias de Educação de Manaus e do Amazonas, Eliana conta que começou a conscientizar seus alunos através de projetos baseados no respeito e na responsabilidade social.

“A ideia é jogar menos papel no lixo, sujar menos a escola. A maioria das escolas da rede pública da cidade possuem o sistema de coleta seletiva e sinto a urgência que esse trabalho vá adiante. É importante fazer com que as pessoas olhem para o lixo de forma diferente”, ressalta.

A autora conta que possui um projeto chamado “Batuque na Lata” que consiste em confeccionar instrumentos de percussão com materiais que seriam descartados como latas de tinta, por exemplo.

Lugar de Sensação

Com o objetivo de aguçar os sentidos e despertar novas ideias, a exposição “Lugar de Sensação” de Eliana Chaves chegou ao Casarão de Ideias na última terça-feira (14) e vai até o dia 14 de dezembro.

A exibição é composta de instalações e objetos que foram trabalhadas com cortes e recortes, além de colagens, costuras, soldas, emendas e ajuntamentos que tem uma representatividade orgânica.

 “Minha intenção é interagir com o público e criar sensações. Algumas peças possuem cheiro, e o intuito é que a partir disso, o visitante possa ter uma visão diferente daquele material”, enfatiza. Eliana deixa que os outros decidam entre atitude, gestos e comentários, o que eles sentem com o impacto visual.

Para este trabalho, a autora usou como as muitas referências do cotidiano urbano de Manaus, segura de suas intenções e capacidades de incorporar o acaso. Tudo isso para fazer com que o telespectador defina a história da arte que ela apresenta.

“Uma ideia não morre. Plantada em terra fértil ela germina e desperta novas ideias”, finaliza a artista.

Perfil

 Eliana Chaves é arte educadora formada em Licenciatura pela Universidade Vale Paraibana em São José dos Campos (SP) e especialista e arteterapia pela Faculdade Vicentina, localizada em Curitiba (PR). Ela desenvolve seus trabalhos há mais de 18 anos, toda sua experiência foi adquirida nas diversas oficinas de produção de mosaico, além de ter desenvolvido vários projetos educacionais para alunos com idade de 2 anos até terceira idade.

Serviço

O quê: Exposição “Lugar de Sensações”
Quando: até 14 de dezembro
Onde: Casarão de Idéias (rua Barroso, 279, Centro)
Quanto: aberto ao público
Informações: (92) 3633-4008