Publicidade
Entretenimento
Vida

Atividades celebram o Dia da Consciência Negra no Palácio da Justiça e no Largo

Quem está à frente do evento é a Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e a Associação de Mestres e Brincantes de Cultura Popular do Amazonas. redonda “A presença negra nos altos escalões da sociedade, barreiras e superações” será o tema da mesa redonda 14/11/2012 às 09:37
Show 1
Tambor de Crioula Mestre Castro se apresenta no Largo, no dia 20
Rosiel Mendonça Manaus, AM

Em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado em todo o País no dia 20 de novembro, o Centro Cultural Palácio da Justiça vai receber a mesa redonda “A presença negra nos altos escalões da sociedade, barreiras e superações” na próxima sexta-feira, dia 16, a partir das 19h. A atividade é o pontapé inicial para a 3ª Mostra de Cultura Popular do Amazonas – Umbigo da liberdade, que acontece na próxima terça-feira, no Largo de São Sebastião.

Quem está à frente do evento é a Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e a Associação de Mestres e Brincantes de Cultura Popular do Amazonas. “O objetivo da mesa-redonda é discutir a incipiente presença de afro- descendentes em postos importantes das três esferas do poder e como isso tem contribuído para reverter o preconceito e o racismo”, declarou o assessor de Patrimônio Imaterial da SEC, Cristian Pio Ávila.

Participam do encontro o antropólogo e pesquisador Emmanuel de Almeida Júnior, o juiz Alberto Carim, o secretário de Justiça e Direitos Humananos, Márcio Rys Meirelles, e o desembargador Sabino da Silva Marques.

APRESENTAÇÕES

No dia 20, a festa começa a partir das 16h e vai contar com apresentações do Bando Anunciador, dando as boas vindas ao público, seguido pela peça “A árvore dos mamulengos”. A feira musical vai ter a participação de diversas manifestações da cultura popular, como o Maracatu Eco da Sapopema, o Tambor de Crioula Mestre Castro, Grupo Matumbé Capoeira, Samba de Roda Vozes do Cativeiro e Capoeira Jamaica.

Uma das grandes atrações será o boi de terreiro Teimosinho, de Maués, que se apresenta pela primeira vez em Manaus. “As apresentações serão simultâneas, e o público que passar pelo Largo vai ter a oportunidade de aprender a dançar e tocar com os mestres”, acrescentou Ávila.

Programação gratuita

o que é:  Mesa-redonda com o tema “A presença negra nos altos escalões da sociedade, barreiras e superações”

onde:  Centro Cultural Palácio da Justiça, avenida Eduardo Ribeiro, 833, Centro

quando:  Sexta-feira, dia 16, às 19h

o que é:  3ª Mostra da Cultura Popular do Amazonas

onde:  Largo de São Sebastião, Centro

quando:  Terça-feira, dia 20, às 16h