Publicidade
Entretenimento
Vida

Atores participam de ação ecológica do 9° Amazonas Film Festival

Na nona edição do festival, a ação escolheu os atores Bruno Garcia e Cristiane Torloni para apadrinhar um filhote de preguiça-real (Choloepus didactylus) 05/11/2012 às 15:32
Show 1
Na nona edição do festival, a ação escolheu os atores Bruno Garcia e Cristiane Torloni para apadrinhar um filhote de preguiça-real (Choloepus didactylus)
acritica.com ---

O Instituto Nacional de Pesquisas do Amazonas em parceria com o Amazonas Film Festival (AFF) participou de mais uma ação ecológica, com o objetivo de garantir que o meio ambiente tenha destaque no trabalho com a sétima arte.

Na nona edição do festival, a ação  escolheu os atores Bruno Garcia e Cristiane Torloni para apadrinhar um filhote de preguiça-real (Choloepus didactylus) em uma cerimônia que ocorreu na tarde deste domingo (04) na Ilha da Tanimbuca, no Bosque da Ciência do Instituto (zona centro-sul de Manaus/AM).

De acordo com o diretor do Inpa, Adalberto Val, essa parceria com o festival é um momento simbólico. “Estamos no início de uma transição extremamente importante da relação do homem com a natureza. Aprendemos pelos caminhos mais difíceis que é vital preservar o meio ambiente. Eu gostaria de agradecer esta iniciativa que chama a atenção para a importância da pesquisa biológica no sentido de entender quantas espécies há na Amazônia, como elas vivem e quais são as suas vulnerabilidades”, proferiu.

Bruno Garcia, ator escolhido como padrinho, declarou-se feliz por voltar a Amazônia depois de ter morado na região entre os 11 e 13 anos. “É com grande alegria que eu me vejo agora voltando a Amazônia para iniciar esse novo ciclo de amor pela natureza e está sendo uma oportunidade magnífica fazer isso desta maneira simbólica, batizando esse animal majestoso e muito querido por todos”, declarou o ator.

 “Espero que esse momento sirva como uma luz na consciência de todos para que consigamos expandir isso para o resto do mundo, que é a importância de estarmos conectados à natureza”, completou Bruno Garcia.