Publicidade
Entretenimento
LITERATURA

Autor amazonense Max Carphentier lança livro 'A Palavra de Tudo' neste sábado (14)

De acordo com o autor, o livro é divido em três partes: “A Palavra da Natureza”, “A Palavra das Coisas”, e “A Palavra da Fé”. Elas mostram uma maneira de ver o mundo diferente daquela com a qual estamos acostumados 13/04/2018 às 14:22 - Atualizado em 13/04/2018 às 14:45
Show max carphentier
(Foto: Márcio Silva)
Alexandre Pequeno Manaus (AM)

Após décadas de carreira, o escritor e poeta amazonense Max Carphentier decidiu dar voz às coisas. Partindo desse princípio, surgiu seu novo livro “A Palavra de Tudo”, que será lançado neste sábado (14), a partir das 10h, na sede do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (IGHA), localizado na rua Bernardo Ramos, 117, Centro Histórico de Manaus.

De acordo com o autor, o livro é divido em três partes: “A Palavra da Natureza”, “A Palavra das Coisas”, e “A Palavra da Fé”. Elas mostram uma maneira de ver o mundo diferente daquela com a qual estamos acostumados.

“A primeira parte fala sobre a natureza, rosa, ventos, chuva, vários elementos. Outra parte fala sobre as coisas, gravatas, bengalas, panelas, etc. A última parte, talvez a mais importante é a palavra da fé, onde falam o batismo, eucaristia, natal, fé e esperança”, explica o autor.

“A intenção é dar palavras para as coisas. Normalmente, as coisas aparecem na poesia como ornamento e, muitas vezes, não damos a palavra. Depois dos cinquenta anos de escritos poéticos decidi que tinha que dar palavras às coisas, dando voz a elas. O livro falando dele mesmo, a cadeira dela mesma, a caridade, a esperança”, complementa. Segundo Max, o livro começou a ser elaborado em 2014.

“A Palavra de Tudo” foi editado pelo advogado e jornalista Júlio Lopes, membro Academia Amazonense de Letras (AAL) e vice-presidente da Associação dos Escritores do Amazonas (Asseam). “Recebi do meu amigo Max Cartphentier uma dupla e difícil tarefa: editar o seu novo livro, que é como pegar um diamante já lapidado e querer, a ele, acrescentar algumas linhas sobre o seu conteúdo”, pontua o jornalista.

Trajetória na literatura
Max Carphentier, 72, é manauense, advogado, bancário e escritor. É membro do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas, da Academia Amazonense de Letras, do Clube da Madrugada e da União Brasileira de Escritores, do Amazonas. Seu primeiro livro já determinou, em 1975, seu estilo pessoal: “Quarta Esfera”, uma seleção dos seus primeiros poemas. O autor faz, também, passeios por outras formas literárias como contos e romances, cujo tema principal é sua interpretação da espiritualidade.

Serviço

O quê: lançamento do livro "A Palavra de Tudo" de Max Carphentier

Quando: sábado, 14 de abril de 2018 às 10h

Onde: na sede do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (IGHA), localizado na rua Bernardo Ramos, 117, Centro de Manaus.

Acesso: gratuito

 

Publicidade
Publicidade