Publicidade
Entretenimento
Vida

Band pode deixar de transmitir o Festival de Parintins em 2013

Site publicou que a Band não teria intenção de renovar o contrato para transmitir o festival 07/06/2012 às 16:50
Show 1
Bastidores na produção da TV A Crítica no ensaio do Boi-Bumbá Garantido, em Parintins, para gravação do CD e DVD 2012
Rafael Seixas Manaus

O site “Na Telinha”, do portal UOL, noticiou nesta quarta-feira (16), que – devido ao fim do contrato neste ano – a Band pode deixar de transmitir o Festival Folclórico de Parintins em 2013. A matéria informou, ainda, que a RedeTV! e a Record já teriam demonstrado interesse em contar com o evento na sua grade de programação do próximo ano.

De acordo com Dissica Calderaro, diretor-presidente da TV A Crítica, afiliada da Record no Estado, ele não tem o conhecimento da posição da Record nacional.

“O meu posicionamento como emissor local, regional, é de que estamos à disposição. Sempre tivemos uma ligação com o Festival Folclórico de Parintins, sabemos de sua importância para cultura e a economia de Parintins. Iremos nos colocar à disposição caso não tenha uma renovação de contrato pela Band”, disse Calderaro, revelando ainda que nunca houve uma conversa sobre o assunto com a Record nacional.

A gerente de conteúdo da Rede TV! Manaus, Gisele São Thiago, também falou que até o momento não se teve uma conversa com a emissora nacional.

“Isso pode ocorrer quando acabar o festival, pois a Band tem prioridade por causa do contrato. O festival é um produto muito importante”, informa. Ela revelou, ainda, que a cobertura feita do Boi Manaus em 2011 agradou bastante a Rede TV! (Brasil).

A reportagem entrou em contato com Ricardo Massara, diretor geral da TV Rio Negro, afiliada da Band no Amazonas, que foi categórico ao falar: “Não estou sabendo de nada disso, a ideia é renovar a partir do encerramento do contrato”.

Bumbás
O vice-presidente do boi Garantido, Marco Aurélio de Medeiros, falou que o contrato tem o prazo de cinco anos e que até o momento não teve um comunicado oficial, mas que existem rumores. 

“Há rumores, só que não fizeram nenhuma manifestação verbal”. Ao ser questionado se não acontecesse essa renovação, ele respondeu: “O Governo vai fazer com que alguma emissora, com boa audiência, possa fazer esse serviço. Com certeza não irão faltar emissoras que queiram transmitir o Festival de Parintins”.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com a diretoria do boi bumbá Caprichoso até o fechamento desta edição.