Publicidade
Entretenimento
Vida

Canal Brasil transmitirá Amazonas Film Festival ao vivo para todo o país

No saldo de transmissões realizadas ao longo de 2012, este será o terceiro e último festival do ano a receber cobertura ao vivo do Canal Brasil – os demais foram o 40º Festival de Gramado e o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 07/11/2012 às 08:27
Show 1
Equipe de TV está em Manaus acompanhando o 9º Amazonas Film Festival
Rosiel Mendonça Manaus, AM

Pela primeira vez, telespectadores e internautas de todo o País poderão conferir ao vivo o Amazonas Film Festival (AFF). O encerramento do festival, marcado para a próxima sexta-feira, dia 9, às 19h30, será transmitido pelo Canal Brasil direto do Teatro Amazonas. Uma equipe de mais de 30 profissionais do canal especializado em cinema e cultura brasileira está em Manaus desde a última sexta-feira, dia 2, fazendo a cobertura diária das atividades do 9º evento amazonense.

No saldo de transmissões realizadas ao longo de 2012, este será o terceiro e último festival do ano a receber cobertura ao vivo do Canal Brasil – os demais foram o 40º Festival de Gramado e o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. A cobertura da cerimônia de encerramento e da premiação vai contar com nove câmeras e direção geral de Marcus Bonchristiano.

Quem comanda a apresentação é a jornalista Simone Zuccolotto, ao lado do crítico de cinema e comentarista Luiz Zanin Oricchio. Os internautas também poderão conferir tudo simultaneamente pelo site www.canalbrasil.com.br.

Experiência

Integrante do Canal Brasil há oito anos, onde apresenta o “Cinejornal”, a jornalista Simone Zuccolotto atua na área de cinema há quase 20 anos.

“O Canal já havia feito algumas coberturas pequenas do AFF, mas essa primeira transmissão ao vivo é importante porque este é um dos poucos festivais internacionais que temos no País. Assim, você acaba valorizando mais o cinema brasileiro, além de levar as produções do Estado para o resto do Brasil”, comentou Simone, que chegou a Manaus na tarde de ontem e pretende acompanhar de perto os últimos dias da programação do festival.

Ela também explicou como será a cobertura do encerramento: “Eu e o Oricchio entramos no ar uns 15 minutos antes do início da cerimônia, enquanto o repórter Kiko Mollica fica do lado de fora entrevistando os convidados. No final, vamos fazer um balanço geral da noite”.

CRÍTICO

Autor dos livros “Cinema de Novo” e “Fome de bola”, Luiz Zanin Oricchio é jornalista, crítico do jornal “O Estado de S. Paulo” e atual presidente da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema), que ajudou a fundar. Entre os festivais que costuma cobrir anualmente, destacam-se os de Brasília, Gramado, Cine Ceará, Cine PE e Veneza.