Publicidade
Entretenimento
Buzz

Candidaturas estão sendo articuladas de forma "discreta" no Amazonas

A afirmação é do presidente do Instituto Action, Marketing e Pesquisas, Afrânio Soares. Em entrevista ele disse que ainda é cedo para afirmar participações terminativas do cenário político da cidade para este ano, já que os interesses estão sendo articulados de forma discreta entre os caciques dos principais partidos 12/03/2012 às 14:45
Show 1
Eduardo Braga, Serafim Correa e Amazonino Mendes podem concorrer as eleições de 2012
JOELMA MUNIZ Manaus

O prefeito de Manaus Amazonino Mendes (PTD) reafirmou no último domingo (11), que não pretende se lançar à reeleição no pleito eleitoral deste ano. O que de acordo com o presidente do Instituto Action, Marketing e Pesquisas, Afrânio Soares, está dentro do perfil político de Amazonino, que costuma gerar expectativas sobre suas candidaturas.

“Ele assim como outros candidatos tem o costume de esperar até a realização das convenções partidárias para definir de fato seus posicionamentos políticos”, declarou. Soares disse que ainda é cedo para afirmar participações terminativas do cenário político da cidade para este ano, uma vez que, já que os interesses estão sendo articulados de forma discreta entre os caciques dos principais partidos.

Para o presidente da Action Marketing e Pesquisas, as especulações sobre uma possível aproximação entre o senador Eduardo Braga (PMDB) e Amazonino Mendes fazem parte da “teia” que se forma entorno da disputa pela prefeitura, mas pode não ser assim tão explicita. “Não acredito em um apoio tão explícito. Mas, pode acontecer, já que existe entre os dois a presença de uma pedra chave na disputa, que é o PSD”, afirmou  fazendo uma projeção de uma candidatura de Braga com o apoio de um ‘chapão’.

Apoio incondicional

Mesmo negando que disputará reeleição em outubro deste ano, o prefeito Amazonino Mendes (PTD) conta com o total apoio da sua base aliados na Câmara Municipal de Manaus (CMM), caso venha a mudar de ideia.

A reportagem de acrítica.com ouviu correligionários de Amazonino, que afirmam categoricamente, que ele é sim, o principal nome da sigla, caso o partido decida por concorrer diretamente no processo eleitoral que se aproxima.

“Apesar da decisão do prefeito, entendemos que ele é o principal e único candidato do PDT caso se escolha a participação no processo. Ele aglutina todas as qualidades necessárias para representar a legenda. Queremos tornar o PDT um gigante, para isso à força política do prefeito, na capital e no interior é sem dúvida fundamental”, avaliou o vereador Luiz Alberto Carijó (PDT).

A avaliação foi compartilhada pelo também vereador governista Wilker Barreto (PHS), que mesmo não pertencendo ao partido de Amazonino ressaltou a “importância” de um pleito eleitoral com a participação do prefeito.

“Não temos como negar que o nome Amazonino Mendes sempre engrandecerá uma disputa. Mas, acredito que ele esteja tendo uma atitude acertada, ele quer dar à população a oportunidade de avaliá-lo fora de um contexto eleitoral”, afirmou.