Publicidade
Entretenimento
Vida

Cantora amazonense na mira do Brazilian Day San Diego

Kely Guimarães participa de concurso que pode levá-la ao maior festival brasileiro da costa oeste americana  17/04/2015 às 16:26
Show 1
Kely pretende lançar novo CD
Laynna Feitoza ---

A cantora e compositora amazonense Kely Guimarães está participando de um concurso que pode levar a sua música até a Califórnia. Trata-se da 1ª edição do “Passaporte Brazilian Day”, realizado através da plataforma Clap Me. O concurso - a contemplar artistas que trabalham com conteúdo autoral - irá levar uma banda brasileira ao “Brazilian Day San Diego”, citada como a maior festa brasileira da costa oeste americana, com todas as despesas pagas. O público decidirá parcialmente quais serão os artistas classificados para as próximas etapas e, para isso, podem votar nos seus favoritos por meio do site www.clapme.com até o dia 01 de maio.

Kely se inscreveu com o videoclipe da música “Carnaval Não É o Ano Inteiro”, produzido pela Artrupe Produções e lançado ano passado. Os demais grupos musicais que quiserem participar podem efetuar a inscrição com uma música autoral publicada no YouTube. A partir dos inscritos, haverá uma curadoria que irá definir, junto ao público, os 10 primeiros semi-finalistas, que devem se apresentar em um estúdio paulista em junho. As cinco melhores apresentações segundo os jurados e o público se sagram entre os cinco finalistas e terão que fazer um show em São Paulo no mês de julho. Daí, será escolhido o grande vencedor.

E de que maneira o público participa desta escolha? Os fãs devem entrar na página do artista hospedada no site, ir ao lado direito da tela e clicar no botão “Clap” (“palmas”, em inglês), uma espécie de “Curtir” do concurso. Quanto mais “claps” o artista tiver, mais ele sobe no ranking. “Eu sempre procuro na internet concursos e festivais que tenham a ver com o que busco para a minha carreira, e esse pareceu ser interessante. Só podem participar artistas com músicas autorais e é aí que eu me encaixo bem (risos)”, afirma Kely.

Carreira

A vida musical de Kely é extensa: de 2008 a 2013 a manauara de 28 anos integrou o grupo musical BQuadro. “Depois disso cada integrante foi por um caminho e eu resolvi fazer carreira-solo. Em 2013 mesmo eu lancei meu primeiro EP chamado ‘Essência’, com cinco faixas que estão disponíveis em vários sites com Tnb e Reverbnation”, alega ela, que recentemente terminou as gravações do seu segundo clipe, intitulado “Essência”.

Ainda em 2015, ela pretende lançar um novo álbum, já em concepção. “Estou definindo arranjos à parte da pré-produção com o Bruno Prestes (ex-Several Skin). O que posso adiantar é que ele vai ter uma ‘pegada’ mais rock (em toda a sua extensão) e mais filosófico nas mensagens das letras”, pondera Guimarães, que já se apresentou com a BQuadro no evento Rio +20, no Rio de Janeiro, e solo de voz e violão em alguns pubs da Cidade Maravilhosa e de Blumenau em 2014.

Para votar, clique aqui.