Publicidade
Entretenimento
Vida

Capadócia, um lugar único no mundo

Conheça um pouco mais sobre a belíssima região da Capadócia, na Turquia, onde as paisagens naturais se fundem com a arquitetura antiga e as tradições milenares. 21/10/2012 às 15:13
Show 1
As belezas da Capadócia
Rogério Pina Capadócia (Tur)

A chegada ao aeroporto de Kayseri, na região central da Turquia, não chega a impressionar. Mas, à medida que o ônibus de turismo avança na estrada em direção ao coração da Capadócia – a cidadezinha de Nevsehir, onde ficamos –, cruzando áreas com pouca vegetação e muitas montanhas, é que se começa a entender o lugar e entrar no clima. Os cenários são feitos para a contemplação, apesar de mais conhecidos como um réplica de uma planeta inóspito, ou onde foram gravadas cenas para “Guerra nas estrelas”, saga cinematográfica de George Lucas.

As formações surreais de rocha vulcânica se erguem a até 50 metros de altura, em meio a planícies com rochas avermelhadas ou brancas e belos vales que se estendem até onde a vista alcança.


Emoldurada pelo monte Erciyes, vulcão extinto de 3.916 metros permanentemente coberto de neve, a Capadócia fica encravada na Anatólia, região central da Turquia. Ali, o destaque são as formações rochosas que parecem às vezes cogumelos, formas fálicas e de animais.

Como resultado de sucessivas erupções de vulcões hoje extintos, a tufa – rocha extremamente porosa – cobriu toda a região; o vento e a chuva cuidaram do resto. Assim, enormes esculturas dominam os chamados museus a céu aberto, como o de Göreme, onde há milênios homens cavaram suas casas e até igrejas.


Outro tour oferecido ao turista leva à cidade subterrânea de Derinkuyu, um complexo de túneis de oito andares que chegou a abrigar uma população de 10 mil pessoas nos primeiros séculos depois de Cristo. Hoje, o Museu a Céu Aberto de Göreme guarda 30 dessas “igrejas” com seus afrescos bem preservados. Por volta do século 3, São Jorge teria nascido ali num tempo em que, discriminados, cristãos fugiam dos romanos na Terra Santa para ir morar em refúgios subterrâneos na Capadócia, que fica a 800 quilômetros de distância de Istambul, a cidade mais famosa da Turquia.

Passeios Diversos

Passando primeiro pela efervescência de Istambul, cheguei à Capadócia ainda no ritmo da metrópole turca. E em um primeiro momento achei, erroneamente, que não teria muito o que fazer ali. Depois os programas foram aparecendo, os cenários se mostrando, a História... No caminho do aeroporto, o ônibus faz sua primeira parada em uma réplica de um Caravanserai, ou o antigo “abrigo de caravanas”. Desde a antiga Pérsia, muitos desses abrigos foram construídos ao longo das rotas de comércio e hoje funcionam como centro turístico, reunindo restaurante, lojas de suvenires e decoração com peças forjadas há milhares de anos. Dada entrada na Capadócia real, hora de conhecer as esculturas milenares.

O museu a céu aberto de Göreme é visita obrigatória – patrimônio tombado pela Unesco, conta com capelinhas escavadas na pedra que datam dos séculos 9 ao 12 e abrigam pinturas sacras. Algumas até retratam São Jorge, a cavalo, em luta com o que parece ser uma serpente gigantesca e não um dragão.

Outros vales integram a programação do turista na Capadócia – cada um mais lindo que o outro, onde o silêncio só é quebrado por uma música ao fundo, vinda das lojas de suvenires. A interessante visão de um desses complexos de esculturas e cavernas só rivaliza, ali, com o ponto alto da ida à Capadócia – o passeio de balão.


A visita à fábrica de tapetes Avanos é um capítulo à parte. Ali é possível ver a produção das peças, participar de uma apresentação e até comprar um deles – na saída, uma loja bem equipada oferece, ainda, de um tudo em suvenires. Para quem gosta de joias, a dica é visitar a fábrica na borda do mirante em Pigeon Valley – onde fica a “árvore de olhos turcos” e os pombos que dão nome ao lugar.

Belos Visuais

Aproveitar a piscina do hotel em dias de sol não é má ideia, já que a vista não compromete – muito pelo contrário. De quase toda parte das cidadezinhas na região é possível avistar uma montanha ou um cenário interessante, ao longe. Terra de contrastes climáticos, a temperatura na Capadócia atinge os 37 graus ou mais no verão, chegando a 10 negativos no inverno. Na cidadezinha de Uçhisar, o hotel mais conhecido é o Cappadocia Cave Resort – o famoso resort de luxo na pedra. São vários tipos de suítes, encravadas na rocha, e outras com varandas que se debruçam sobre o penhasco.


Um fim de tarde deve ser reservado para um passeio pela vila próxima ao topo da Cidadela de Uçhisar, onde se tem feira com artesanato, lindos cenários e até uma varanda lounge com uma vista deslumbrante, serviço de drinques e almofadões para esparramar o corpo. Na hora de escolher um restaurante na Capadócia, os hotéis acabam sendo um conveniente refúgio.

Mas Göreme tem boas opções, como é o caso do A’laturca, que serve pratos típicos e internacionais num jardim bem gostoso, próximo ao rio. Alguns dos melhores restaurantes estão no entorno da Cidadela de Uçhisar, a grande montanha, que à noite ganha iluminação um tanto fantasmagórica. O restaurante Elai é um ótima pedida, com seu clima cool, cozinha fusion e ótimos vinhos, tudo emoldurado por um cenário de cave, iluminação baixa e ótimo serviço. * O repórter viajou a convite da operadora Flytour


Aérea tem promoção Não é de hoje que a Turquia aparece como destino de viagem de muitos brasileiros. Com as primeiras notícias da nova novela da Globo, “Salve Jorge!”, ambientada ali, a tendência é crescer o interesse em conhecer aquele país. Não apenas Istambul, mas a região da Capadócia e Izmir, onde Maria, mãe de Jesus, viveu.

A Turkish Airlines oferece tarifas promocionais nos únicos voos sem escalas do Brasil para Istambul, a partir de São Paulo. A passagem aérea em classe econômica varia a partir de US$ 1.041, ida e volta. A aérea integra a rede global Star Alliance e atualmente oferece mais de 21.200 voos diários para 1.172 destinos em 181 países.