Publicidade
Entretenimento
Vida

Casa Cor abre as portas

O público amazonense poderá prestigiar a exposição que começa hoje e vai até o dia 07 de novembro. Os valores para conhecer a mostra são R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).  28/09/2012 às 22:08
Show 1
A sociedade amazonense não vai deixar de conferir o Espaço #1, que homenageia o colunista de A CRÍTICA Júlio Ventilari. O ambiente terá muitas festas e eventos
Camila Pereira Manaus

Quem não gostaria de visitar o ‘Gabinete do Ministro Bernardo Cabral’, sentar-se na sala de jantar de Maria Emília Mestrinho e sentir aromas na ‘Cozinha de Ingredientes Amazônicos de Alex Atala’? Isto é possível graças a Casa Cor Amazonas 2012, que, nesta quinta-feira (27), em noite de pré-estreia para convidados, abriu suas portas para a mostra.

O portal com palhas de Marcelo Rosenbaum, o  grande homenageado da Casa Cor Amazonas 2012,  convidam para 49 espaços montados no Centro Cultural Povos da Amazônia, todos assinados por arquitetos de renome do Estado, que se inspirados em traduziram personalidades brasileira e os homenagearam através do design, cores e texturas distribuídos em cada lugar.

Durante discurso, a atual franqueada da Casa Cor, Cristina Calderaro, destacou a superação na montagem do evento. “Não admito dizerem que não temos competência para ser sede de uma Copa do Mundo. Tudo que amazonense faz é bem feito. Os Arquitetos não deixaram a desejar para as outras Casas do país”, afirmou e se despediu do evento, já que este é o último ano que estará à frente das atividades.

As arquitetas Renata Scherer, Larissa Guerra e Theka Mendes assinaram o espaço que recebeu o nome de ‘Atelie da Vovó’, em homenagem à costureira Eulita Freitas de Aguiar, que está nesta profissão há mais de 50 anos. Ela se emocionou ao ver o espaço pela primeira vez, mesmo tendo colaborado com algumas peças. “Se eu pudesse levar tudo para o meu atelier, levaria. Tudo tem a criatividade e excelência das arquitetas”, contou. O destaque principal deste espaço é a máquina de costura que a acompanha desde o inicio da profissão.

Um dos pontos badalados da mostra é o espaço da Honda, inspirados em salões de jogos com um toque retrô. O espaço conta com um simulador de pilotagem e os lançamentos 2013 da empresa. “Acertamos na escolha da arquiteta, Maísa Oliveira, que conseguiu mostrar nossos produtos, fazendo um marketing importante”, disse o gerente de relações institucionais da Honda, Mário Okubo.

O público amazonense poderá prestigiar a exposição que começa hoje e vai até o dia 07 de novembro. Os valores para conhecer a mostra são R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). O passaporte para ter livre acesso  todos os dias custa R$ 70. Os ingressos estão à venda na bilheteria da Casa no  CCPA.