Publicidade
Entretenimento
Anfitriãs Casa Cor

Casa Cor Amazonas se reinventa a cada ano

As arquitetas Sheila Campos e Regina Lobato, autoras da planta da Casa Cor Amazonas 2012, contam como o segundo maior evento de arquitetura do Brasil se reinventa a cada ano 18/06/2012 às 11:21
Show 1
Sheila Campos e Regina Lobato, as arquitetas e anfitriãs da Casa Cor Amazonas 2012
Felipe de Paula Manaus

Quando o maior evento de arquitetura e decoração das Américas, a CasaCor, ganhou sua primeira versão na capital amazonense, o espaço destinado a recepcionar o público no Centro Cultural dos Povos da Amazônia foi o “Hall social”, das arquitetas Sheila Campos e Regina Lobato. O trabalho foi premiado na categoria “Verde na decoração”, mas a atuação participativa da dupla na mostra fez com que elas alçassem voos ainda mais altos, mas sem deixar de lado a vocação para recepcionar bem.

 É que, neste ano, os convidados delas são os próprios arquitetos: pela seguda vez consecutiva, elas assumiram a tarefa de redesenhar a planta da Casa que abrigará os trabalhos dos melhores profissionais da região. Entusiasmadas com o projeto, elas adiantam: a CasaCor Amazonas 2012 será “três em uma”.

 De acordo com elas, os ambientes da Casa serão integrados em três diferentes espaços: CasaCor Eco, cuja proposta é voltada para a arquitetura sustentável, de baixo consumo energético e aproveitamento dos elementos de acordo com o clima local; CasaCor Kids, opção de visitação, interação e bem estar infantil, além de ser um campo aberto para extração de ideias para decoração desses ambientes; e CasaCor Home, ambiente natural do evento, que apresenta as tendências e soluções arquitetônicas para casas, apartamentos e ambientes comerciais.

 Divulgação

Para elas, o desenvolvimento técnico e criativo da arquitetura na região passa pelo evento, que se revela como importante vitrine de divulgação do trabalho dos profissionais da região, cujo alto nível é evidenciado nas edições anteriores da mostra. “Em arquitetura, e principalmente em decoração, o trabalho dos profissionais fica reservado ao cliente e seus visitantes. Um evento como esse é a oportunidade de se conhecer as tendências em arquitetura e decoração e mostrar como os profissionais estão se expressando”, afirma Regina Lobato, ao que completa a amiga Sheila: “A gente tinha uma carência de mostrar isso. Vivemos um excelente momento da arquitetura (local) e muitos talentos estão sendo descobertos por meio da Casa Cor”.


As duas também apostaram na integração entre os ambientes da mostra arquitetônica com outros espaços, como a área gastronômica - que não pode faltar em nenhuma casa que se preze - e um grandioso lounge, que introduzirá o público ao universo de elegância, sofisticação e bom gosto que encontrará nos ambientes dessa Casa, de onde poderá ser difícil sair sem desejar chamá-la de Lar.

Afinidade e história

Enquanto a produção do Vida&Estilo Decor deixava tudo pronto para as fotos das duas arquitetas-mor da CasaCor Amazonas 2012, Sheila Campos, a mais agitada, foi logo dizendo: “Somos uma dupla, a foto tem que ser de nós duas”, exigiu, com bom humor e sotaque tipicamente pernambucano.

Foi esse sentimento de unidade e afinidade profissional que conduziu a relação de 25 anos das duas arquitetas, que começaram a trabalhar juntas na restauração de prédios históricos como o Teatro Amazonas e o Palácio da Justiça.

Apesar de não serem amazonenses - Regina nasceu no Pará - elas conhecem como a palma da mão o prédio do Centro Cultural dos Povos da Amazônia. “Aqui a gente se sente em casa”, diz Regina, que tem 32 anos de atuação na área. Para Sheila, por sua vez, também não é nada difícil trabalhar no local. “A gente conhece bem o prédio. Já faz parte da nossa vida”, diz ela, que revela a tendência de evidenciar os detalhes, típico da alma feminina. “Você está lidando com profissionais da criação”, justifica.