Publicidade
Entretenimento
LITERATURA

Casal transforma a perda de filho em motivação para lançar livro em Manaus

Um crime no trânsito tirou a vida do pequeno Mateus Alves Gomes, em 2010. Hoje, eles lançam o livro 'Tornaste meu pranto em alegria', resultado desta história de vida 24/04/2018 às 14:18
Show bv0425 1f
O livro foi lançado no último dia 14, em Macapá, onde vive a família
Alexandre Pequeno Manaus (AM)

Em 2010, uma imprudência no trânsito vitimou o pequeno Mateus Alves Gomes, aos quatro anos de idade. Oito anos depois do crime, seus pais, o administrador Fernando Gomes e a jornalista Luciane Gomes resolveram transformar a dor e as lágrimas do luto em esperança e motivação a pessoas que também sofrem a perda de entes queridos. O livro "Tornaste meu pranto em alegria", escrito pelo casal, é resultado dessa comovente história de vida. Em Manaus, ele será lançado hoje, às 20h no auditório Nina Lins, localizado na avenida Professor Nilton Lins, Parque das Laranjeiras.

"O livro fala do que nós fizemos para voltar a viver. A principal mensagem dele é passar a esperança para as pessoas que também passam por perdas e não conseguem retomar suas vidas", destaca Fernando.

"Todos nós passamos por momentos difíceis, mas chega uma hora que você precisa prosseguir, ter novas esperanças, voltar a ter alegria, voltar a viver", complementa Luciane.

Fernando e Luciane nasceram em Manaus, onde casaram e tiveram o pequeno Mateus. Após a morte da criança, a família se mudou para Macapá. De lá pra cá eles tiveram dois filhos, Fernanda, de 4 anos, e Isaque, de 6 anos.

Das lágrimas ao papel
O casal conta que a ideia do lançamento do livro surgiu durante uma viagem a São Paulo. Fernando afirma que contou sua história a representantes da editora Autor da Fé, especializada em títulos que abordam temas como: fé, perseverança e religiosidade.

"Esse encontro foi em novembro do ano passado. A partir de 1º de janeiro deste ano começamos a escrever o livro. Para isso, fizemos uma grande pesquisa documental em sites, portais, blogs. Em determinado capítulo do livro, temos dados com estatísticas de pessoas mortas no trânsito", relata Fernando.

Para Luciane, passar a sua história para o livro, foi uma experiência de resgate. "Foi doloroso, entrei em um túnel do tempo. Eu gostava de escrever nas madrugadas, eu tenho uma memória boa e às vezes batia o choro". Para ela, a principal motivação foi o sentimento de poder levar a história de vida do pequeno a outras pessoas. Essa é a primeira experiência do casal na literatura.

Entenda o caso
Em junho de 2010, por volta das 18h, na rua Evangelista Brow, bairro Santo Antônio, em Manaus, Mateus Alves Gomes, 4, estava na calçada da casa de sua avó quando foi atingido por um carro conduzido por Cristian Silva de Souza. 

Em 2013, Cristian foi condenado a 31 anos de reclusão por crime de homicídio consumado, por três tentativas de homicídio e por dirigir embriagado.

"A justiça de Deus não falha e o caso não podia ficar na impunidade. Nós mesmos precisamos mudar a situação do trânsito que enche os hospitais diariamente", batalha Fernando.

SERVIÇO

O quê: lançamento do livro ‘Tornaste meu pranto em alegria’

Quando: hoje, às 20h

Onde: auditório Nina Lins, localizado na avenida Professor Nilton Lins, Parque das Laranjeiras.

Acesso: livre

 

Publicidade
Publicidade