Publicidade
Entretenimento
Vida

Centenário de Caprichoso e Garantido ganha homenagem da Casa da Moeda

Além do Festival de Parintins, outros 11 temas serão homenageados, entre eles a visita do papa Bento XVI ao Brasil, a Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas 15/02/2012 às 08:07
Show 1
Caprichoso e Garantido ganham medalha comemorativa
Jonas Santos Parintins

A Casa da Moeda do Brasil (CMB) irá lançar uma medalha comemorativa pelos 100 anos dos bumbás Garantido e Caprichoso, que será celebrado em 2013.  A peça será cunhada em prata e é destinada a colecionadores. No ano passado, por exemplo, a CMB apresentou a moeda comemorativa do centenário do Sport Club Corinthians Paulista, em São Paulo, e a peça cunhada em prata ainda está sendo vendida no mercado a R$ 312.

Além do Festival de Parintins, outros 11 temas no País serão homenageados, dentre os quais estão a visita do papa Bento XVI ao Brasil; os 200 anos de nascimento do Barão de Mauá; os 100 anos de nascimento do rei do baião, Luiz Gonzaga, e as medalhas comemorativas da Copa das Confederações, Copa do Mundo e das Olimpíadas, no Rio de Janeiro.

Lista de sugestões

A listagem de datas comemorativas, personalidades e fatos da atualidade saíram de um universo de 100 sugestões discutidas pelo Clube da Medalha, em conjunto com a diretoria colegiada da CMB e ilustres representantes de diversos segmentos culturais do Brasil.

O comunicado oficial foi feito pela direção da CMB ao prefeito da cidade, Frank Bi Garcia. “É o reconhecimento do talento e da criatividade artística do povo parintinense, que tem como manifestação cultural o maior Festival Folclórico de boi bumbá do País”, disse o prefeito.

A cerimônia  de lançamento da medalha acontecerá no mesmo dia em que os bumbás Garantido e Caprichoso e o Município de Parintins serão homenageados. A data ainda será definida.

Nesse dia é realizada a descaracterização do par de cunhos – matriz original que produziu as medalhas, em ato que será constituído pelo presidente da Casa da Moeda, Francisco de Assis Leme Franco, recém nomeado pela presidente Dilma. “Essa homenagem é a prova que a cultura popular do povo de Parintins ganhou força. Ressalta a importância que o festival alcançou ao nível nacional”, afirmou a presidente do Caprichoso, Márcia Baranda.

“O boi de Parintins é hoje patrimônio do povo brasileiro. E o Garantido sente-se orgulhoso em ter contribuído com a tradição e cultura do País”, completa o presidente do Vermelho, Telo Pinto. Em 2013, os bois vão festejar seus centenários, mas as comemorações começaram este ano. Prova disso são as gravações dos DVDs, que anteciparam a acirrada disputa do Festival Folclórico 2012.

A Casa da Moeda informou à Prefeitura de Parintins que cada peça criada será numerada e a obra se tornará raridade no mercado. Não foi informada a composição do verso e do anverso, que terá execução manual de relevos.

A tiragem das medalhas ainda será tema de reunião entre o prefeito, os bois e os dirigentes do Clube da Medalha.  A história da Casa da Moeda do Brasil confunde-se com a própria história do País. O Clube da Medalha foi criado em 1977 e é responsável pela divulgação da arte medalhista e do colecionismo de medalhas, que são cunhadas em metais nobres, como ouro, prata e bronze.