Publicidade
Entretenimento
Vida

Centenário: Garantido grava DVD e 'Red-ray' com toque clássico

Este ano, o show terá um toque lírico graças à participação do violoncelista Timóteo Esteves e dos violinistas Nikolay Sapoundjiev e Tito Esteves, que desembarcam na tarde de hoje na Ilha Tupinambarana 21/02/2013 às 08:48
Show 1
Gravações vão acontecer na Cidade Garantido, em Parintins
Rosiel Mendonça Manaus, AM

Não é sempre que se completa um centenário, por isso, as comemorações devem ser à altura. Neste sábado (23), a Cidade Garantido, em Parintins, vai se transformar num terreiro amazônico para a gravação do “Red-ray” e DVD “O Boi do Centenário”, do bumbá vermelho e branco. As filmagens, que também acontecem no Sambódromo de Manaus, no dia 16 de março, serão realizadas pela TV A Crítica com equipamentos de alta definição de imagens.

Este ano, o show terá um toque lírico graças à participação do violoncelista Timóteo Esteves e dos violinistas Nikolay Sapoundjiev e Tito Esteves, que desembarcam na tarde desta quinta (21) na Ilha Tupinambarana. Segundo um dos produtores musicais do espetáculo, Sidney Rezende, a mistura entre instrumentos clássicos e o som vibrante da batucada vai ser incorporada a uma apresentação do Garantido pela segunda vez – a primeira foi há cerca de 12 anos, quando o boi levou violinos para a arena durante os três dias de festival.

“Eles vão dividir o palco com Sebastião Jr. e Márcia Siqueira na faixa ‘Boi do Carmo’, toada que o Chico da Silva compôs em 1991 e que é reverenciada até hoje pela nação vermelha e branca. A ideia de agregar esses instrumentos é para dar uma grandiosidade que a música merece”, explicou Rezende. Nikolay e os irmãos Esteves também vão participar de três toadas ritualísticas.

Para Sapoundjiev, o convite é a prova de que, cada vez mais, o violino expande suas funções. “Sempre fui muito interessado na fusão entre sonoridades clássicas, populares e regionais, afinal, a música é universal. Além de ser de alta qualidade, o ritmo do boi-bumbá possui uma sonoridade única”, disse ele, que hoje atua na Orquestra Sinfônica Brasileira, no Rio de Janeiro, depois de ter passado pela Amazonas Filarmônica e pela Orquestra de Câmara do Amazonas.

CONCEPÇÃO

De acordo com o diretor geral do show, Fred Góes, as equipes estão na fase dos últimos ensaios técnicos antes do grande dia. “O DVD terá 26 faixas, sendo 18 novas e oito pot-pourris com mais de 30 toadas que representam os grandes momentos do Garantido. No sábado, vamos mostrar todo o vigor da arte, da música e das renovações do nosso boi centenário”, adiantou.

Pelo palco da Cidade Garantido vão passar mais de 600 pessoas: ao todo, cinco grupos de dança, 120 batuqueiros, 20 músicos da banda-base e 100 pessoas da equipe de apoio vão unir seus talentos para fazer da gravação do DVD uma grande celebração à cultura parintinense. “Será um show dinâmico, com coreografias e figurinos elaborados para que o DVD seja um espetáculo de imagens à altura do centenário do Garantido”, garantiu Chico Cardoso, que assina a direção de coreografia.

Segundo ele, o palco (33 metros de abertura por 18 de fundo) fará uma homenagem ao nascedouro do boi vermelho, ou seja, o quintal da mãe de Lindolfo Monteverde, Dona Alexandrina. Dos materiais utilizados, mais de 50% vieram da reciclagem. Chita, barro e lamparinas são alguns dos elementos que vão ajudar na composição do cenário.

Imagens ‘High Definition’

As expectativas do presidente da TV A Crítica e diretor de Planejamento e Marketing Corporativo da Rede Calderaro de Comunicação, Dissica Calderaro, são as melhores possíveis. Segundo ele, 75 pessoas estão envolvidas na produção e praticamente todos os equipamentos já foram embarcados para Parintins: câmeras HD, colunas e mesas de captação que vão garantir a melhor qualidade na gravação do show “O Boi do Centenário”.

“Estamos trabalhando com muito entusiasmo na produção desse conteúdo que, certamente, será algo diferenciado”, afirmou ele. No ano passado, a TV A Crítica também gravou o DVD e “Red-ray” do Garantido, “Tradição”.

Azul grava em março


No dia 9 de março é a vez do também centenário bumbá Caprichoso gravar o DVD oficial com as toadas deste ano. A festa vai acontecer no Curral Zeca Xibelão, em Parintins, e terá como tema “O Centenário de uma Paixão”. Os preparativos nos ateliês começaram no dia 14 de fevereiro.

A direção do boi também pretende comemorar o marco histórico através de um livro e um documentário com dados, fotos e depoimentos de personalidades ligadas ao Caprichoso. A presidente da agremiação, Márcia Baranda, foi procurada pela reportagem, mas não foi encontrada por motivo de viagem.

CARAVANA

Pela segunda vez, o Movimento Marujada vai realizar a “Caravana Azulada”, que vai levar cerca de 600 torcedores do boi azul especialmente para a gravação do DVD, em Parintins.

Segundo o presidente do Movimento, Keynes Breves, a iniciativa vai reunir pessoas de todos os segmentos do Caprichoso, desde a torcida até os grupos de dança e músicos.

“Ano passado, a ‘Caravana’ foi um sucesso. Este ano, a três semanas da gravação, os ingressos já estão praticamente esgotados”, revelou Breves. As passagens de ida e volta custam R$ 150, com direito a alimentação, e podem ser adquiridas na sala 304 do prédio da Rádio Rio Mar, no Largo São Sebastião. Mais informações: (92) 9136-5377.