Publicidade
Entretenimento
Vida

Chega em Manaus o 'Mortal Kombat X', um dos lançamentos de games mais aguardados

Fãs estão ansiosos para conferir a saga inédita. Vendas da versão física do jogo iniciaram em todas as lojas da Infostore 16/04/2015 às 10:24
Show 1
Personagens como o Scorpion e o Sub-zero retornam já amadurecidos
Loyana Camelo Manaus (AM)

Hoje iniciam as vendas oficiais da versão física do “Mortal Kombat X”, um dos maiores clássicos dos jogos de luta, que volta repaginado, com novos personagens e muitas atualizações. Quatro anos separam o lançamento desta e da última versão (“Mortal Kombat 9”, de 2011), porém, na história, o hiato é ainda maior e causa ainda mais impacto: passam-se 25 anos. O efeito deste hiato é refletido nos personagens. Alguns estão mais velhos, alguns até tiveram filhos e outros novos juntaram-se à equipe. E os famosos “fatalities” estão mais ferozes do que nunca.

O fato da saga a ser disponibilizada no “Mortal Kombat X” ser inédita está causando comoção entre os fãs desde que surgiram os primeiros boatos. Todos estão curiosos para ver como Liu Kang, Raiden, Scorpion e Sub-zero, por exemplo, estarão já mais amadurecidos. Johnny Cage e Sonya Blade tiveram uma filha, a Cassie Cage, um dos novos rostos que aparecem nesta edição do game. Ao todo são 29 personagens.

Na opinião do especialista em games, estes “upgrades” são bem interessantes, pois “jogar sempre com os mesmos personagens fica repetitivo”. E também elogia o fato de o cenário agora ser interativo. “Quando você se encontra encurralado num canto, que é um dos objetivos principais para que o opositor não contra-ataque, você pode subir em uma árvore, pular num canto e sair no meio da tela. Graficamente falando, a nova geração está surpreendente. A movimentação do jogo também está bem precisa”, cita.

Marca registrada

Um dos motivos pelos quais a série “Mortal Kombat” é consagrada em meio aos jogos de luta é justamente pelo seu forte apelo violento. E o nono título da série está, literalmente, ainda mais brutal: está de volta a “brutalidade” (“brutality), uma finalização que não era usada desde “Mortal Kombat Trilogy”, de 1996. 

O jornalista Bruno Graça acompanha o game desde o primeiro e diz ter gostado dessa atualização. “Assim como os ‘fatalities’, o brutality é divertido de se usar, principalmente quando se joga contra amigos. É como se fosse ‘rir um pouco da derrota dele’”, descreveu, citando que o seu personagem favorito é o Sub-Zero. “É um dos melhores para se aplicar combos e também tem uma história interessante”.

Item de colecionador

O “Mortal Kombat X” está disponível para Microsoft Windows, PlayStation 4, PlayStation 3, Xbox 360, Xbox One, Android e iOS. A versão física será vendida pelo valor de R$ 249,90 para as plataformas Playstation 4 e Xbox One. Quem possui Playstation 3 ou Xbox 360 terá de aguardar até junho para adquirir em Manaus a versão física do jogo. 

As pré-vendas estavam sendo realizadas desde o último dia 10. O coordenador da área de games da Infostore, Eduardo Martins, reconhece que o prazo destinado a mesma foi apertado, mas foi a primeira vez que a loja trabalhou com esse sistema. “Apesar do pouco tempo, os resultados foram acima do esperado”, disse. 

Martins comenta que a venda das mídias físicas sempre são as mais aguardadas pelos fãs, que a colecionam. E quem comparecer ao lançamento, terá a oportunidade de adquirir a “Collector’s Edition”: o jogo mais o boneco do Scorpion. As unidades são limitadas. Então, preparados para lutar?

Dublagem polêmica

A cantora Pitty emprestou sua voz para dublar a personagem novata Cassie Cage, filha de Johnny Cage e Sonya Blade. O resultado final, porém, não agradou a maioria dos fãs da saga, que acharam a dublagem “amadora” demais e sem emoção. Surgiram memes de tudo que é lado. Apesar do fuzuê, Bruno Graça relembra que esta não é a primeira vez que famosos fazem participações especiais como dubladores. Roger Moreira, do Ultraje a Rigor, também foi alvo de críticas pela sua dublagem no jogo “Battlefield: Hardline”.

“Afirmam que a dublagem de famosos era para atrair mais pessoas, mas acredito que uma série como Mortal Kombat já é uma série forte. Atrai sozinho público. Acho desnecessário”.

Diego Santana concorda que Pitty não fez o seu melhor trabalho em “Mortal Kombat X”. “Na minha opinião, [a dublagem] ficou mediana”, afirma. Porém o expert em games não considera nem de longe este como o aspecto mais importante do jogo. “O que importa não é isso. É a jogabilidade”. Pitty realiza hoje o show de lançamento oficial do game em São Paulo.

Serviço

o quê: Lançamento do “Mortal Kombat X” em Manaus

quando: Hoje, a partir das 8h30 (nas lojas de rua) e 10h (nas lojas de shopping)

onde: Em todas as lojas Infostore 

info: infostore.com.br/