Publicidade
Entretenimento
Vida

Chope e muito samba com Arlindo Cruz

Sambista carioca comemora a boa fase da carreira e encerra a turnê em Manaus antes de começar gravação 18/05/2012 às 08:27
Show 1
O cantor e compositor carioca Arlindo Cruz participa da Choppada de Medicina, festa promovida pelos formando da Ufam
jornal a crítica ---

 Manaus pode não ser o berço do samba, mas é aqui que um dos maiores sambistas do Brasil vai terminar sua turnê. É que no dia 2 de junho, o carioca Arlindo Cruz participa da Choppada de Medicina, em seu último show da turnê “Batuques e Romances” antes de começar as gravações do seu próximo DVD, intitulado “Batuques do meu lugar”. A choppada acontece no Diamond Convention Center, a partir das 14h. A gravação do DVD será no dia 6 de junho, e Arlindo não poderia estar mais feliz. “Vou gravar mais coisas da minha carreira, músicas com nova roupagem, sucessos que não posso deixar de cantar”, adiantou o cantor, em entrevista a A CRÍTICA.

Em “Batuques do meu lugar”, o sambista vai, além de fazer um apanhado da sua carreira como compositor, prestar uma merecida homenagem ao Rio de Janeiro, mais especificamente a Madureira, bairro da Zona Norte da capital carioca. “Terá também os sambas do Império Serrano, cantigas, sambas de roda, partido alto e tudo mais relacionado à cultura carioca”, disse.

Sucessos
 
Em Manaus, Cruz promete um show animado, como costuma fazer. “Será o último show antes de começar a gravação do DVD. Vou cantar muita coisa do acústico MTV também”. Portanto, o público amazonense pode esperar um repertório recheado de hits como “Pelo litoral”, “Como um caso de amor”, “Quando falo de amor”, “Meu poeta”, “Nem tanto a terra, nem tanto o mar”, “Camarão que dorme a onda leva”, “O show tem que continuar”, e muito mais, já que no currículo do cantor e compositor há quase 1.000 letras escritas. Uma palhinha do novo trabalho? Talvez. “Vamos ver. Até o dia 2 já vai ter muita coisa pronta, então pode até ser que Manaus veja o que estamos trazendo por aí”, adiantou.

Boa fase
“Adoro cantar em Manaus, que tem um evento de samba pioneiro no Brasil. Sou super bem tratado, sou amigo dos grandes sambistas e do pessoal do boi também, como o Chico da Silva e o Paulo Onça. Toda vez que chego aí o ‘couro come’, o pessoal ‘cai pra dentro’! É muita alegria ver o pessoal cantando meu samba”, declarou o artista, claramente de bem com a vida e feliz - ainda mais depois do casamento com a parceira de 26 anos, Babi, que é sua empresária. “Minha filha, que tem 9 anos, já estava cobrando. ‘Pô, pai, já to ficando mocinha e daqui a pouco não vou poder ser a dama de honra de vocês’. A ideia de casar já rolava, então aproveitamos esse ‘incentivo’ dela e casamos. A festa foi para celebrar a ótima fase que estamos passando, tanto profissionalmente como em casa. São 26 anos de cumplicidade - já passamos por muitos vendavais, mas por muita calmaria”, finaliza o poeta.

Canecas
Por ser um evento com bebida liberada, a Choppada de Medicina tem censura de 18 anos. Os ingressos à venda nas lojas Granada Beach e Sandálias & Tal, ambas no Manauara e Amazonas Shopping, e com os formandos da 82ª turma de Medicina da Ufam. A caneca de pista custa R$ 40 e a VIP, R$ 100. As canecas serão entregues no dia do evento.