Publicidade
Entretenimento
Vida

Cinco motivos para se ter o novo iPhone 5

Um apaixonado por tecnologia e Applemaníaco de carteirinha conta quais as vantagens do iPhone 5 sobre suas versões anteriores e qual é a sensação de se possuir este smartphone tão desejado. 19/09/2012 às 17:58
Show 1
iPhone 5
acritica.com Manaus

O Coordenador de Markenting consumo e  mídia Marcos Hiller elencou cinco motivos para se ter o novo lançamento da Apple, o iPhone 5. Apaixonado por tecnologia, ele cita as vantagens do smartphone sobre seus concorrentes do gênero. Ele esteve no Yerba Buena Center for the Arts, na cidade de São Francisco na California (EUA) para assistir a apresentação de Phil Schiller, vice presidente sênior de marketing da Apple, que apresentou o brinquedinho.

Aqui, ele conta o que viu e sentiu ao manusear o novo maior desejo de consumo pelos viciados em tecnologia:

1. Agora o smartphone é o mais leve do planeta. Com míseros 7,6mm, o iPhone 5 é 18% mais fino do que a versão anterior. Feito todo em vidro e alumínio, seu estético corpo possui uma tela mais esticada de 4 polegadas e que consome menos energia. Até que enfim, uma bateria mais durável foi produzida para o iPhone 5. Com ela, pode-se navegar pela rede 3G durante 8 horas e pelo Wi-Fi por até 10 horas. Pelo visto, o meu detox digital será adiado por alguns meses ainda.

2. Parafraseando Erick Felinto, pesquisador da UERJ que estuda a cibercultura, quando as pessoas adquirem um iPhone estão não apenas comprando um aparato tecnológico, como também vivenciando certo estilo de vida (digital) e se inscrevendo num imaginário tecnológico que enfatiza as ideias de inovação, elegância e distinção econômica. Com o que vi a Apple apresentar ontem, tenho que concordar plenamente com o pensador fluminense, afinal hoje o consumo é simbólico.

3. Com o novo processador A6, além de ganhar mais poder de fogo, ele ficou 22% menor do que o antigo A5, e com isso carrega o aplicativos mais rápido. Quando estiver conectado a uma operadora compatível, a velocidade das conexões sem fio também foram aperfeiçoadas. Agora, com suporte à tecnologia 4G LTE, o iPhone 5 voa baixo na web.

4. O iPhone 5 tira fotos até 40% mais rápido do que no iPhone 4S, pois tem uma nova câmera que também captura panoramas, e que produz uma imagem de até 28 megapixels. No entanto, as diferenças mais tangíveis estão mesmo na câmera da frente, que agora detecta rostos e transmite imagens em HD 720p por meio do FaceTime.  

5. Como já se especulava nos diversos sites de rumores, um conector de 8 pinos, batizado Lightning, foi desenvolvido para o novo celular da Apple. Ele é 80% menor do que o antigo conector, e pode ser plugado em qualquer posição no iPhone, mais intuitivo. Mas se você possui muitos acessórios para o dock antigo, sem problemas, pois se pode comprar um adaptador por só US$30 na Apple Online Store americana.

Confissões de um Applemaníaco

O iPhone 5 nasceu nesse novo universo hiperconectado que estamos inseridos, onde as máquinas falam e os homens se comunicam por meio dessas próteses artificiais. Mais que isso, esses novos aparatos são extensões de novo corpo, como já dizia o canadense Marshall McLuhan décadas atrás. A prova disso é: quando nosso celular cai no chão, por exemplo, não dói? Dói muito!

Já as novas gerações incorporam plenamente essas tecnologias e as colam ao corpo como um elemento a mais de suas roupas: calças, jaquetas e mochilas serão fabricados com lugar para o iPhone 5. A moda faz com que a corporabilidade abrigue as tecnologias.
Até o natal desse ano, ele deve chegar a 240 operadoras espalhadas por mais de 100 países, inclusive nosso Brasil. Mas eu não aguento esperar. Agendei minhas férias para novembro desse ano em Nova York e vou correndo adquirir meu iPhone 5 na nova Apple Store que inaugurou dentro da Grand Central Station. Pena que o 4G dele ainda não funcionará no Brasil.

*Marcos Hiller (@marcoshiller) é Coordenador do novo MBA de Marketing, Consumo e Mídia Online da Trevisan Escola de Negócios