Publicidade
Entretenimento
Sem limites

Circo Kroner inicia temporada de apresentações

A trupe, que já se apresentou em países como Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile, possui números que desafiam o equilíbrio e a força dos artistas 03/09/2012 às 08:13
Show 1
Temporada do Internacional Circo Kroner em Manaus segue até o fim do ano
Rosiel Mendonça Manaus, AM

Alegria, tensão e encantamento são as sensações que brotam do picadeiro do Circo Kroner todas as vezes que as cortinas se abrem para mais um espetáculo. A trupe deu início, na última sexta-feira, dia 1º, à sua quinta temporada de apresentações em solo manauara depois de passarem por Boa Vista.

"Pretendemos ficar no Aleixo até o Dia das Crianças. Depois, a ideia é percorrer outros bairros e ficar na cidade até o fim do ano", adiantou uma das administradoras do circo, Evelyn Klein.

 Da última vez em que esteve em Manaus, a trupe do circo enfrentou sete dias de balsa de Porto Velho até a capital amazonense. Cidadezinhas do interior estão entre os destinos costumeiros do Circo Kroner.

"Gostamos de ir até os lugares mais difíceis de chegar, onde poucos circos vão. O desafio é ótimo, porque é ali que o público está precisando de mais alegria, de cultura. Somos sempre muito bem correspondidos, o que acaba sendo gratificante", complementou Evelyn.

 ATRAÇÕES

O Circo Kroner passou a carregar Internacional no nome depois que os artistas fizeram uma turnê de cinco anos pela América do Sul, onde passaram pelo Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile.

A experiência fora do Brasil ajudou a incrementar os espetáculos com mais tecnologia e inovações na estrutura. Equilibristas, malabaristas e trapezistas estão entre as atrações que surgem no picadeiro em duas horas de show.

Segundo Evelyn, o Kroner preza pela tradição da arte circense, presente em sua família há cinco gerações. Tudo começou quando os tataravós de Evelyn vieram para o Brasil tentar a vida como saltimbancos.

Atualmente, ela administra o empreendimento ao lado do irmão Rudy Klein. "Não queremos imitar o Cirque du Soleil. Não é só porque saiu uma novidade que todo mundo tem que correr para o lugar comum", afirmou a proprietária.

HABILIDADES

No espetáculo, cerca de 25 artistas se revezam na apresentação de dois ou mais números cada. O palhaço Chuvisco é a grande alegria do circo, mas não se limita a arrancar gargalhadas de uma plateia dominada por adultos e crianças.

Ele também se arrisca no trapézio e no globo da morte, atração que fecha em grande estilo cada sessão, com quatro motoqueiros fazendo manobras radicais dentro da estrutura de metal.

 Durante o show, o público é convidado a testemunhar a superação dos limites humanos, em números que desafiam a coordenação, o equilíbrio e a força dos artistas. Num espetáculo ao vivo, em que tudo pode acontecer, o Circo Kroner prova que não há limites para a alegria.

Serviço

O que é: Circo Kroner

Onde: Av. André Araújo, estacionamento do Clube dos Oficiais, nº 2.800, Aleixo

Quando: Sessões diárias às 20h30. Sábado às 18h30 e 20h30. Domingo às 10h, 18h30 e 20h30

Quanto: R$ 20 (lateral/inteira) e R$ 30 (central/inteira)