Publicidade
Entretenimento
MÚSICA CLÁSSICA

Circuito Musica Brasilis promove o concerto ‘O boi no telhado’, no Teatro Amazonas

Obra do compositor francês Darius Milhaud será apresentada pela Orquestra de Câmara do Amazonas no dia 26 20/09/2017 às 12:36
Show b0120 11f
Projeto resgata obras e partituras brasileiras de outros tempos (Barbara Umbra/Divulgação)
Rosiel Mendonça Manaus (AM)

Há exatos 100 anos, o compositor francês Darius Milhaud chegava ao Brasil para uma missão diplomática. No tempo em que morou no Rio de Janeiro, ele travou contato com grandes nomes da cena musical da capital da República: Ernesto Nazareth, Marcelo Tupinambá, Chiquinha Gonzaga e muitos outros. Na volta para Paris, Darius levou na mala centenas de partituras e referências dos nossos ritmos populares, material que ele usou como base para a composição da suíte “O boi no telhado”, inspirada no tango homônimo que José Monteiro havia lançado no Carnaval de 1918.

Essa é a suíte que a Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA) apresentará no Teatro Amazonas, no próximo dia 26, como parte do Circuito Musica Brasilis. Idealizadora e diretora do projeto, a cravista Rosana Lanzelotte explica que “O boi no telhado” é uma colagem de 24 peças de compositores brasileiros, como Nazareth, Chiquinha e Alberto Nepomuceno. Em Manaus, o concerto terá regência de Bruno Nascimento e participação do solista José Staneck (harmônica).

Em sua oitava edição, que passará por 11 cidades do País, o Musica Brasilis traz o tema “Cortejos & Colagens” e conta com concertos cênicos-musicais que promovem o resgate da música brasileira de outros tempos. “Essa ideia de criar o projeto surgiu da dificuldade que era encontrar partituras de música brasileira, de qualquer período, e até de música popular”, conta Rosana, que também é pesquisadora e doutora em Informática. “Temos uma carência generalizada no acesso a esse material, e as lojas de partituras estão fechando em todo o mundo. No caso do Brasil, o agravante é que 80% das partituras nunca foram editadas ou estão com edições esgotadas”.

Foi assim que surgiu o portal Musica Brasilis, um grande repositório da produção musical brasileira, que tem patrocínio do BNDES e, neste ano, a cooperação da Unesco. “É um trabalho que não acaba nunca, vamos progredindo a casa ano. Por isso, o legado do projeto transcende as apresentações musicais. Com essa oitava edição, serão 300 novas partituras que estarão no portal, além das 1.500 já disponíveis”, completa Rosana.

Participações

A diretora também destaca a parceria que o projeto tem com as orquestras locais – além da OCA, o Musica Brasilis convidou a Orquestra Sinfônica da UFPE e a Orquestra Sinfônica de Sergipe para a execução do repertório em suas respectivas cidades. 

“Essa é uma preocupação nossa, a de envolver os corpos artísticos locais. Isso é importante por conta das trocas de conhecimento que acontecem entre os músicos e os solistas, revelando uma missão educativa para além da artística. Essa parceria também amplia o repertório dessas orquestras, que poderão se apropriar futuramente da nossa música”.

Quem terá um papel de destaque no concerto “O boi no telhado” é o solista José Staneck. Além de tocar harmônica, ele substituirá o ator Antonio Calloni na leitura de cartas escritas por Darius Milhaud depois de sua passagem pelo Brasil. “A ideia dos concertos é juntar textos, imagens e música para contextualizarmos melhor a época, sinal de que a música não representa só a sua expressão, mas um todo”, comenta o Staneck.

“Nessas cartas do Darius, ele fala da saudade do Brasil, conta o que viveu aqui, a maneira de tocar do brasileiro. É um material que já estava disponível, mas sempre que vamos pesquisar acabamos encontrando outros elementos que podem se juntar ao espetáculo. As cartas se renovam quando colocadas ao lado do repertório”.

Busca rápida

Sucesso em Paris: “Le Boeuf sur le toit” (O boi no telhado) estreou na Comédie des Champs Elysées, em 1920. O sucesso da peça inspirou a criação do restaurante homônimo em Paris, na Rue du Colisée, além da expressão “faire le boeuf”, usada pelos músicos quando se juntam para improvisar, ou “dar uma canja”.

Serviço

o quê: Circuito Musica Brasilia apresenta “O boi no telhado”, com a Orquestra de Câmara do Amazonas
onde: Teatro Amazonas, Largo São Sebastião, Centro
quando: Dia 26 de setembro, às 20h
quanto: Entrada gratuita