Publicidade
Entretenimento
lançamento

Coletânea de livros infantis é lançada com presença de contadora de histórias

Coleção foi produzida por 18 professores do Estado e distribuição será gratuita como material didático 07/11/2017 às 17:34
Show livros
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

“As aves que não podiam cantar”,  “Pepeu, o Gato que queria ser onça”, “Filho-do-Ingá”, “Guta e o rio poluído” são alguns dos 10 livros da coleção de livros denominada Jaraqui, de literatura infantil que foi lançado nesta terça-feira (7) no auditório Sumaúma, no Mini-Campus da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

O lançamento contou com a participação da contadora de histórias infantis e autora de livros Ivani Magalhães, que é paulista e encenou três das histórias dos livros.

A coletânea foi produzida por professores da educação básica que concluíram o curso de pós-graduação Lato Sensu em Educação Ambiental com Ênfase em Espaços Educadores Sustentáveis, que está vinculado à Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) da Ufam com desenvolvimento de tecnologia e metodologia concebidos pelo grupo de pesquisa responsável pelo Laboratório de Hipermídia de Aprendizagem do Centro de Formação Continuada, Desenvolvimento de Tecnologia e Prestação de Serviços para a Rede Pública de Ensino (Cefort/Faced).

Um total de 18 professores da rede estadual de Manaus, Novo Ayrão, Iranduba, Manacapuru e Presidente Figueiredo concluíram os trabalhos produzindo os livros, cuja distribuição será gratuita para ser usados em sala de aula como material didático.

Além dos livros citados acima, compõem a coletânea “Mapinguari e Curupira- os heróis da floresta”, “Mindu e sua amiga Vitória”, “Bastião e Mundica”, “O monstro da poeira “Zeca Sapeca” e “Zinho, o Sauim-de-coleira”.

A obra foi editada pela Editora da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e coordenada pelas professoras Maria Anete Leite Rubim e Salete da Silva Lima.

Publicidade
Publicidade