Publicidade
Entretenimento
Retorno às aulas

Como reorganizar a rotina da família para a volta às aulas

Pediatra dá orientações para recuperar o ritmo com as crianças para o início do novo ano letivo 18/01/2013 às 11:08
Show 1
Rotina deve ser retomada com certa antecedência para diminuir as dificuldades
acritica.com Manaus

Os meses de dezembro e janeiro são sinônimos de festas e de férias e é normal o ritmo de toda a família ficar desacelerado. Mas, à medida que janeiro vai acabando, é hora da rotina da família começar a ser reajustada ao calendário de aulas do novo ano letivo. Novamente é preciso dormir e acordar cedo, realizar as refeições no horário correto e reservar tempo para as tarefas de casa.

O pediatra Marcelo Reibscheid, criador do portal Pediatria em Foco, explica que o planejamento deve começar com a organização dos horários dos pais:

“Decidir quem vai levar e buscar os filhos, quem ajuda no dever em cada dia da semana e até mesmo definir um cardápio alimentar semanal ajudam a família a recuperar o ritmo com a nova rotina das crianças”, sugere o especialista.

Ainda de acordo com o pediatra, não é recomendado deixar para se organizar no primeiro dia de aula, principalmente com relação aos horários de sono. O ideal é fazer isso cerca de 10 dias antes do início do ano letivo, vale colocar os filhos para dormir no horário ideal que irão acordar durante as aulas. Essa prática ajuda na adaptação e evita birras e manhas quando as aulas começarem.

“ Dormir bem e se acostumar com os horários ajuda a evitar aquele mal humor da criança e até a recusa em ir à escola. Com relação ao horário de acordar, o ideal é que os filhos não durmam até muito mais tarde do que precisariam acordar em época de aulas”, alerta Reibscheid.

Para recuperar o ritmo e espantar a preguiça de fazer as tarefas de casa, aposte em reservar o horário das lições de casa para praticar atividades pedagógicas simples com os filhos no final das férias. Colorir ou fazer desenho são boas opções para crianças não alfabetizadas.  “Com as maiores, sugira escrever uma história juntos. Você pode começar um parágrafo e pedir que o filho use a imaginação para terminar a redação”, indica o pediatra.