Publicidade
Entretenimento
Vida

Companhia de teatro do Tesc apresenta a pela "Isabel do Brasil"

A peça "Isabel do Brasil) é de autoria da giana Maria José Silveira, conta com a direção de Márcio Souza, e conta a história da princesa que libertou os escravos no país. 25/10/2012 às 18:51
Show 1
Princesa Isabel em cena da peça
acritica.com Manaus (AM)

Dirigidas por Márcio Souza e com aproximadamente 70 minutos de duração, o espetáculo “Isabel do Brasil” é uma adaptação do texto da goiana Maria José Silveira, mestre em ciências políticas pela Universidade de São Paulo (USP) e antropóloga pela Universidade Nacional Mayor de San Marcos, de Lima, no Peru. Na sexta-feira (26), o elenco do Teatro Experimental do Sesc (Tesc), apresenta o espetáculo “Isabel do Brasil”, a partir das 20h30, do chamado teatrinho do Sesc, no Centro de Manaus.

A obra da autora de romances como “A mãe da mãe de sua mãe e suas filhas”, “Eleanor Marx, filha de Karl” e “O fantasma de Luis Buñuel” apresenta um retrato diferenciado da princesa Isabel, considerada pela História oficial como a “libertadora” dos escravos no Brasil.

Segundo o diretor do Tesc, escritor Márcio Souza, a intenção é entreter e aproximar o público de figuras históricas, até pouco conhecidas. O elemento inusitado do espetáculo pode ser exemplificado pela adoção de uma atriz designada para o papel, negra e jovem, para interpretar uma mulher branca e da aristocracia, previsto no próprio texto original, no qual a autora reconstrói a personalidade complexa da personagem-título. “Isabel do Brasil” traz a interpretação de Carla Menezes, cenografia e figurinos de Óscar Ramos e produção de Robson Medina.