Publicidade
Entretenimento
fiscalização professores

Conselho Regional de Educação Física no Amazonas vai contar com reforço da polícia para fiscalização

Apoio foi discutido durante reunião entre representantes do Conselho Regional de Educação Física (CREF8) e do Centro de Educação Física e Desporto (CEFID) da Polícia Militar 03/02/2012 às 12:15
Show 1
Centro de Educação Física da PM vai apoiar fiscalização de Conselho Regional de Educação Física
acritica.com Manaus

O reforço à fiscalização que pretende coibir a atividade de falsos profissionais ou de academias que atuam irregularmente no Estado vai ser feito com a ajuda de 10 policiais que formam o Centro de Educação Física e Desporto (CEFID). Os policiais tem graduação em Educação Física e registro junto ao CREF8.

De acordo com o comandante do CEFID, Tem. Cel. Andrade Gouvêa, o Centro vai colaborar com o Conselho seja por meio de suas atividades ou ajudando no cumprimento final de sua fiscalização que é a autuação de falsos profissionais ou de profissionais e academias que atuam irregularmente na sociedade, colocando em risco a vida da população.
De acordo com o vice-presidente do CREF8, Joniferson Vieira, a atitude do CEFID é algo inédito no Brasil, uma vez que é a primeira vez que o conselho é procurado pela polícia para tal finalidade.

O combate à prática irregular do Profissional de Educação Física tem sido um dos principais objetivos do Conselho Regional de Educação Física - 8ª Região - que compreende os Estados do Amazonas, Pará, Amapá, Acre, Roraima e Rondônia. Ao todo, eles contabilizam apenas 310 academias ativas legalmente registradas. A orientação é de que o aluno chegue à academia e identifique o certificado de registro junto ao CREF 8, bem como o registro dos profissionais que ali atuam. O número de profissionais credenciados no conselho é atualmente  de 7.556 profissionais.

Para as ações, o CREF conta com o apoio da Secretária de Estado de Saúde, por meio da Fundação de Vigilância Sanitária (FVS); da Secretária de Saúde do Município, por meio da DVISA, Polícia Militar do Estado, Corpo de Bombeiros, e Secretaria Municipal de Finanças (SEMEF).

Além das academias sem registro, outros estabelecimentos também podem ser denunciados como clínicas variadas, academias em condomínios de apartamentos que oferecem atividade física sem orientação profissional aos seus moradores, dentre outras irregularidades.


A denúncia pode ser feita por meio do telefone 92-3234-8234 ou cref8@cref8.org.br (ventilação, iluminação, etc), banheiros individualizados para o público masculino e feminino e com disponibilidade de pia com sabonete líquido e papel tolha descartável, espaço adequado para as avaliações físicas dos clientes, equipamentos em boa condição de uso.