Publicidade
Entretenimento
Vida

Desfecho de 'Avenida Brasil' mobiliza fãs em Manaus nesta sexta (19)

Na cola deste sucesso, milhares de manauaras programam suas agendas e planejam eventos especiais para conferir o último episódio do folhetim. O estudante Afrânio Gomes, por exemplo, combinou com outros oito colegas de faculdade para assistirem ao capítulo juntos 19/10/2012 às 08:05
Show 1
Quatro versões da revelação sobre quem matou Max foram gravadas
Gabriel Machado Manaus, AM

Hoje à noite Manaus – assim como todo o Brasil – vai parar. Não por uma luta de UFC ou jogo da Seleção Brasileira de Futebol, e sim pelo último capítulo de “Avenida Brasil”. Após oito meses no ar, a novela de João Emanuel Carneiro se despede e promete esclarecer todos os mistérios que cercam a trama de Carminha (Adriana Esteves) e Nina (Débora Falabella).

Na cola deste sucesso, milhares de manauaras programam suas agendas e planejam eventos especiais para conferir o último episódio do folhetim. O estudante Afrânio Gomes, por exemplo, combinou com outros oito colegas de faculdade para assistirem ao capítulo juntos. “A ideia surgiu em uma roda de amigos. Sempre conversamos sobre a novela e, como cada um tem a sua vida e um horário diferente, vimos nesse último episódio a oportunidade perfeita para reunir todo mundo”, comentou o estudante.

Para juntar o grupo, Gomes até criou um evento no Facebook, intitulado “Servindo a Vadia” – em homenagem à célebre fala da mocinha da trama –, cuja imagem de exibição é um mosaico formado por fotos congeladas dos seus participantes. “Credito o sucesso da novela à sua narrativa ágil, que mescla drama e humor na medida certa. Essa combinação acabou dando uma cara nova a um tema comum nos folhetins: a vingança”, apontou, justificando a grande repercussão que a trama vem tendo no Brasil.

No mesmo caminho do grupo de Afrânio, encontra-se o do fisioterapeuta Guilherme Moraes e da estudante de Moda Bruna Castro. A dupla, ao lado de outros oito amigos, também agendou uma programação especial para assistir ao encerramento de “Avenida Brasil”. “Vamos colocar um telão no quintal de um colega, assar uma carne e comprar umas cervejas”, revelou o fisioterapeuta.

“Espero que a gente consiga prestar atenção no capítulo (risos). Toda vez que nos juntamos para assistir à novela ou debater sobre ela, é a maior confusão, pois cada um gosta de determinado personagem e tem sua própria teoria sobre os mistérios da trama”, completou a estudante, que, apesar de reconhecer a queda da personagem, confessou torcer por Nina.

Exterior

Enquanto a noite dos dois grupos parece ser bastante divertida, o mesmo não se pode dizer da de Murilo Faleiros. Isso porque o biólogo, ao lado da família, está no meio de uma viagem pelos Estados Unidos. “Quando os meus pais a programaram (a viagem), nem me toquei que coincidiria com o encerramento de ‘Avenida Brasil’”, disse Murilo. “Quis chorar na hora!”, brinca.

Para conferir o capítulo, o biólogo optou por passar a noite no hotel e acompanhá-lo pela Internet. “Espero que eu consiga, senão só no sábado pela globo.com”, frisou, comentando, ainda, que vai ficar bem longe do Facebook para evitar os tão temidos spoilers.