Publicidade
Entretenimento
Vida

Dia do Trabalhador é comemorado com muito "Garantido"

>> Boi vermelho resolve comemorar Dia do Trabalhador com festa gratuita. Haverá muito forró também 28/04/2012 às 10:06
Show 1
Sinhazinha, amo do boi, apresentador, entre outros estarão presentes em festa gratuita
Jornal A Crítica Manaus

O Curral do boi Garantido realiza grande festa neste sábado (28), a partir das 21h, no Sambódromo, em parceria com a Força Sindical e em comemoração ao Dia do Trabalhador. Para agitar o evento, que será totalmente gratuito, depois das 3h rola muito forró com banda Marrakesh e o som avassalador da banda Tsunami do Forró, num mix de ritmos.

Mais bandas

De acordo com o presidente do Movimento Amigos do Garantido (MAG), Rivaldo Pereira, até às 3h o curral tradicional de boi bumbá será realizado no Sambódromo: “Convidamos as bandas para tocar logo depois. A Marrakesh entra às 4h e o Tsunami às 5h. E, por se tratar de uma festa de entrada liberada, vamos contar com a ajuda da PM, Corpo de Bombeiros e outros. É uma festa para toda a família, para toda a classe trabalhadora”, explicou o presidente.

No quesito bumbá, Hamiraldo da Mata abre a noite e em seguida Leonardo Castelo e Márcia Siqueira. Carlinhos do Boi, Israel Paulain, Tony Medeiros e Ricardo Lyra encerram a noite. Também no palco, presença do Comando da Batucada do Garantido, participação do grupo de dança Garantido Show, além dos itens sinhazinha, apresentador, amo e batucada.

“A expectativa é de receber de 20 a 25 mil pessoas. É a segunda vez que realizamos uma festa assim. Queremos que a pessoa traga a sua família. É uma festa de entretenimento, lazer”, explicou Rivaldo.

Segundo ele, agora a expectativa maior é para 12 de maio, quando o Garantido prepara grande festa de lançamento do CD e DVD. O álbum, “Tradição é coisa de cinema”, foi exibido na última quinta-feira, às 19h,  no Cinemais do Millenium Shopping apenas para convidados e a imprensa.  O combo (DVD acompanhado de CD), estará nas lojas a partir de segunda-feira.

O DVD foi gravado no Bumbódromo de Parintins na noite de 28 de janeiro. Mobilizou mais de 500 pessoas envolvidas na produção entre técnicos de som e luz, cinegrafistas, cenógrafos, artesãos, figurinistas, bailarinos e artistas de ponta. Durante a gravação que durou mais de três horas, o bumbódromo recebeu mais de 15 mil expectadores divididos entre as duas arquibancadas. A obra contém 22 faixas inéditas, além de quatro extras com toadas clássicas. A produção de imagens e arte finalização da obra ficou a cargo da equipe da TV A Crítica.

Parceria

 A festa é uma realização da Força Sindical no Amazonas, com apoio dos governos estadual e municipal, de entidades classistas patronais e de trabalhadores, empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) e, especialmente, do Garantido.