Publicidade
Entretenimento
Vida

"Dieta Amazônica" é lançado em Manaus

O livro é o resultado de dois anos de estudo sobre a longevidade de habitantes de Maués (AM) 08/02/2012 às 20:51
Show 1
O lançamento aconteceu no Palácio Rio Negro
Mariana Lima Manaus

Dezenas de intelectuais, políticos e membros da alta sociedade estiveram presentes no lançamento do livro “Dieta Amazônica” na noite de quarta-feira (8) no Palácio Rio Negro, no Centro da cidade.  A publicação começa a ser vendida ainda nesta semana e é fruto de um estudo desenvolvido no interior do Estado.

O livro foi escrito a quatro mãos pelos médicos Euler Ribeiro e Ivana Cruz e é o resultado de dois anos de pesquisa em busca de informações sobre a longevidade dos habitantes de Maués (a 267 quilômetros de Manaus).

A médica geneticista relata como foi feita a pesquisa: “A gente observou que muitos dos frutos, peixes e a farinha, além da quantidade e o modo de fazer interfere na longevidade dos habitantes dessa região. Os levantamentos e estudos desses elementos norteiam todo esse livro”, afirma Dra. Ivana.

A ideia de escrever o livro partiu de um dado divulgado pelo IBGE onde indica que a longevidades dos habitantes de Maués está a cima da média nacional. A partir de então, uma série de pesquisas foram realizadas com o intuito de avaliar os motivos do envelhecimento saudável dos moradores daquela região.

O geriatra Euler Ribeiro afirma que o livro traz algumas dicas para quem quer envelhecer bem e em forma: “Nós descobrimos que o peixe amazônico em especial o jaraqui, é mais rico em Omega 3 do que o Salmão. No livro eu aconselho que comam jaraqui, mas não frito, mas assado. Os frutos como o pó de guaraná é excelente, pois previne a pessoa de doenças como câncer, além de dar ereção a homens acima de 90 anos. Eu poderia dizer, sem dúvida alguma, que é melhor tomar guaraná natural do que uma taça de vinho”, relata Euler.

“Dieta Amazônica” é a sétima publicação da Editora Cultural da Amazônia, pertencente à Rede Calderaro de Comunicação, e poderá ser adquirido a partir desta sexta-feira (10) nas principais livrarias da cidade. O preço médio é de R$ 49,50.

Novas publicações

Pelo menos outros três livros devem ser publicados pela Editora Cultural da Amazônia no primeiro semestre deste ano, segundo o Conselheiro Editorial, Rodrigo Araújo. As publicações, que estão em fase de conclusão, terão temas diversos como o Teatro Amazonas e os peixes comercializados na região.