Publicidade
Entretenimento
Buzz

Dirigentes de três escolas de samba de SP estão sob investigação, após tumulto na apuração

O delegado que investiga o caso, afirmou que esses dirigentes são suspeitos de terem ajudado Tiago Ciro Tadeu Faria, ligado à Império de Casa Verde, a invadir a mesa de jurados 22/02/2012 às 10:54
Show 1
Imagem mostra o momento da fuga do homem que rasgou as notas
Etienne Jacintho Do UOL, em São Paulo ---

O delegado Mauro Marcelo de Lima e Silva, da Polícia Civil, disse nesta quarta-feira (22) que dirigentes de três escolas estão entre as oito pessoas sob suspeita de envolvimento no tumulto que ocorreu na terça-feira (21), durante a apuração do Carnaval de São Paulo. Essas pessoas já estão sob investigação.

O delegado afirmou que esses dirigentes são suspeitos de terem ajudado Tiago Ciro Tadeu Faria, ligado à Império de Casa Verde, a invadir a mesa de jurados. Segundo o delegado, a Polícia Civil, que investiga o caso, teria imagens de cerca de 1 minuto antes da invasão que mostram pelo menos três dirigentes de escolas reunidos. Um deles teria puxado a grade para que a invasão da mesa pudesse ocorrer.

Tiago Ciro Tadeu Faria e Cauê Santos Pereira, este último ligado à Gaviões da Fiel, já estão presos por dano ao patrimônio público. Outras duas pessoas são suspeitas de envolvimento direto na destruição de cédulas e do troféu. Há mais quatro suspeitos sob investigação, entre elas os dirigentes.