Publicidade
Entretenimento
Vida

Documentário ‘Nessa Cidade Todo Mundo já Bebeu na Bica’ será lançado nesta quinta (31)

Aos interessados em prestigiar o lançamento da produção audiovisual, este será no Cine Teatro Guarany, no Centro. Por ter sido financiado pelo governo do Amazonas, o documentário será disponibilizado na internet 30/01/2013 às 14:43
Show 1
Produção audiovisual sobre uma das bandas de Carnaval mais tradicionais de Manaus iniciou em 2010
acritica.com Manaus, AM

O documentário ‘Nessa Cidade Todo Mundo já Bebeu na Bica’, que conta sobre a vida de sete personagens que integram as histórias de uma das bandas de carnaval mais tradicionais da cidade, será lançado nesta quinta (31), às 19h, no Cine Teatro Guarany, localizado na Avenida Sete de Setembro, bairro Centro.

A diretora do documentário, cineasta Keila Serruya, afirmou que o foco do documentário não se centra apenas na Banda da Bica em si.

“Não é a história da Bica, nem do Carnaval; mas sim dos personagens que fazem parte da história da Bica e, consequentemente, do Carnaval de Manaus. São entrevistas, fotografias e vídeos antigos em VHS – verdadeiras preciosidades sobre nossa cultura”, comentou Serruya. A produção audiovisual possui 14 minutos de duração.

De acordo com Keila, o processo de produção do documentário iniciou em 2010, e durou dois anos para ser concluído.

“Estamos apresentando o resultado só agora devido à longa pesquisa que fizemos. Encontramos muita coisa em acervos pessoais de pessoas que gostam do Carnaval e acredito que algumas informações nunca foram mostradas tão publicamente, como num documentário”, ressaltou. Ao todo, 12 pessoas participaram do documentário.

Para receber recursos financeiros e produzir o documentário, Keila teve o projeto aprovado no edital do Programa de Apoio às Artes (Proarte), do governo do Amazonas. De acordo com ela, por ter sido financiado com dinheiro público, a produção será disponibilizada gratuitamente.

“A partir dos próximos meses, deixaremos o material disponível na internet para ser apreciado pelo maior número de pessoas possível”, finalizou Keila Serruya, que também faz parte do Coletivo Difusão.