Publicidade
Entretenimento
ATRIZES

De famoso musical à TV e internet: atrizes de ‘Wicked’ criam canal no YouTube

Amizade entre Fabi Bang e Myra Ruiz cresceu nos bastidores de show até nascer o “Apenas Existindo”, canal sobre variedade, atuação e covers 20/03/2017 às 05:00
Show editada 33 cut  m dia
Myra e Fabi se tornaram grandes amigas durante “Wicked” (Foto: Divulgação)
Natália Caplan Manaus

No universo do show business a concorrência entre artistas é comum, principalmente, quando se trata de conquistar papeis importantes. Entretanto, também podem nascer laços que superam a rivalidade. No caso das atrizes Fabi Bang, 32, e Myra Ruiz, 24, a amizade nasceu nos bastidores do musical “Wicked” e permaneceu após o encerramento da turnê em São Paulo, dando lugar a criação de um canal no YouTube: “Apenas Existindo”.

“Houve muita química logo no começo dos ensaios, o que também nos surpreendeu, uma vez que nunca fomos testadas juntas durante as audições. Até então, não nos conhecíamos muito”, lembra a primeira. “A gente realmente ficou muito amiga e cúmplices. Além disso, nos divertíamos muito nos bastidores. Nossa união veio do desejo de fazer aquele espetáculo com garra, dando apoio uma a outra”, completa a segunda.

Ambas também são bailarinas e cantoras profissionais, somando muitas experiências em musicais que ganharam os palcos da Broadway, em Nova Iorque. Para elas, contar essa “outra história de Oz” foi diferente de outros trabalhos semelhantes, devido à responsabilidade de apresentar um dos maiores sucessos que já estiveram em cartaz nos grandes teatros da avenida norte-americana.

“Além de ter tudo o que um bom musical tem, ‘Wicked’ transforma vidas. E nos sentíamos honradas e privilegiadas por transmitir uma mensagem tão transformadora para tantas pessoas”, diz Fabi. “Esse musical é um dos mais icônicos da Broadway e os papeis da Elphaba e da Glinda são o sonho de toda atriz de musical. São papeis difíceis. Então, para nós tinha um desafio muito grande”, enfatiza Myra.

Com o fim da temporada na “Cidade das Esmeraldas”, Fabi foi convidada para interpretar Nina, uma cantora pop em “Rock Story”, novela das 19h da Rede Globo. Já Myra, atualmente vive a personagem Maureen, no musical “Rent”, em cartaz na capital paulista. A ideia de criar um projeto com vídeos na Internet surgiu como uma forma de a dupla se aproximar dos fãs e continuar a fazer algo juntas.

“Pensamos no canal, pois é um jeito fácil e atual de nos manter conectadas com o público. É um canal de variedades, de covers, de falar sério, de não falar sério, de apenas existir”, brinca Faby. “A gente vai fazer o que gosta juntas, que é cantar e mostrar um pouco dos bastidores das nossas vidas como atriz. Sempre escrevíamos nas legendas de fotos em que a gente não estava fazendo nada, ‘apenas existindo’”, explica Myra.

Viagem à Broadway

O primeiro vídeo é justamente um lindo cover acústico e com levada folk de “Defying Gravity” (“Desafiando a Gravidade”), a canção-ícone de “Wicked”. Outro vídeo do canal “Apenas Existindo”, inclusive, foi gravado durante uma viagem à “Big Apple”, onde elas assistiram ao musical original — após um ano de espetáculos no Brasil. Além disso, puderam conhecer as intérpretes de Glinda e Elphaba, seus respectivos papeis.

“Estávamos desde o ano passado sonhando com esse momento. Assistir foi muito emocionante, mas o ponto alto foi conhecer as atrizes que interpretam os mesmos papéis lá, na Broadway. Parecia um encontro de irmãs, pois elas sabem exatamente o que foi viver essa experiência”, lembra Fabi. “Foi uma experiência meio surreal pra gente, depois de um ano no palco vivendo aquelas personagens”, completa Myra.

Três perguntas à Fabi Bang

Você “coleciona” musicais e até já ganhou prêmios por alguns papéis. Como reagiu ao receber um convite para “Rock Story”? Ficou surpresa?

Sim! Muito surpresa! Nunca tinha feito teste para TV, ‘Rock Story’ foi a minha estreia! E está sendo uma experiência muito valiosa e especial!

Qual é a maior diferença entre os palcos e à televisão?

No teatro você agiganta a fala, os gestos, as intenções, para conseguir alcançar a última pessoa da plateia e fazê-la entender a sua história. Na TV, você está em close dentro da casa de milhões de brasileiros, é muito mais intimista. Costumo ouvir muito que, na TV, ‘o menos é mais’.

Você pretende construir uma carreira na TV/cinema, voltar aos palcos, ou conciliar?

Amo trabalhar, amo ser artista. Eu quero transitar entre a TV, os palcos e o cinema. Sou uma só e gosto de viver intensamente cada experiência, então, acho que o mundo ideal seria intercalar entre os três. Estou amando fazer TV, sempre amei o teatro e não vejo a hora de me apaixonar pelas telonas.

Três perguntas à Myra Ruiz

Você é considerada uma das maiores revelações do teatro musical brasileiro atual. É a realização de um sonho antigo, ou você se descobriu “por acaso” nos palcos?

Foi um processo que foi acontecendo. Eu dançava, comecei a estudar teatro e também canto, tudo separadamente. Com 14/15 anos, fiz um curso de férias de teatro musical e me apaixonei, porque reunia tudo que eu amava fazer. E aí decidi que era isso que eu queria fazer na vida.

Hoje, você está em "Rent". Tem algum musical que gostaria muito de participar?

Vários. Mary Poppins, entre tantos outros... 

Pretendes migrar para outras artes?

Sim. Eu sou, antes de mais nada, uma atriz. Me formei em teatro na Lee Strasberg, em Nova York. E, com certeza, vou fazer outras coisas. Estou trabalhando nisso.