Publicidade
Entretenimento
Saída Edilson

Edilson Santana não é mais o amo do Boi Caprichoso

Motivo teria sido falta de tempo para cumprir agenda 24/05/2012 às 10:03
Show 1
Cantor poderá ser substituído por Prince do Boi, Salomão Rossy ou Edmundo Oran
Jonas Santos Parintins

PARINTINS, AM - O cantor Edilson Santana não é mais o amo do boi Caprichoso. Foi o próprio artista que confirmou que está fora do bumbá. Ele entregou o cargo ontem à noite, durante reunião que teve com a presidente do Caprichoso, Márcia Baranda, em Manaus. O encontro aconteceu na casa da dirigente.

 Edilson, que é líder da banda Amazon Beach, não vinha cumprindo a agenda de compromisso com o Caprichoso e este seria o principal motivo para seu desligamento. A reunião com a presidente durou, aproximadamente, uma hora. Na conversa, Márcia e o cantor chegaram a um acordo, que culminou com a sua renúncia do elenco de itens oficiais. “Chegamos a um acordo de que estava na hora de entregar o cargo para alguém que tenha mais disponibilidade. Não posso atrapalhar o boi. Vou continuar Caprichoso até morrer”, afirmou o ex-amo. “Tenho uma banda de baile que requer a minha presença para fechar contratos. Deixo o cargo de amo do boi, mas continuo como cantor do Caprichoso”, justificou Edilson.

 Mas nos bastidores do boi o que se comenta é que a “fritura” do nome de Edilson, dentro da cúpula do bumbá, teria iniciado após sua performance na gravação do DVD e blu-ray realizado no curral Zeca Xibelão, quando ele esqueceu a letra dos versos. Os nomes cotados para assumir o lugar de Santana são de Prince do Boi, Salomão Rossy e de Edmundo Oran. Edilson defendeu o posto de amo nos anos de 2005, 2006, 2010 e 2011. Ele foi também levantador nos anos de 2007 a 2009. A reportagem tentou contato com a presidente, mas as ligações para o celular caiam na caixa postal.