Publicidade
Entretenimento
DEBATES

Primeira edição do evento 'Ella' oferece debates e programação cultural

Com rodas de conversa, feira e shows, iniciativa discute o respeito às diferenças entre comunidade LGBT+ e suas famílias 16/05/2018 às 16:12 - Atualizado em 16/05/2018 às 16:15
Show 1 5r a064fdiwwinv83rjlig
Feira Criativa faz parte do projeto. Foto: Reprodução/ Divulgação
Maria Paula Santos Manaus (AM)

O mundo tem evoluído cada vez mais quando pensamos no respeito às diferenças, mas ainda há muito caminho a ser trilhado e, graças a pessoas como a universitária Samilla Souza, 20,  existem projetos que ajudam nesta caminhada. 

No dia 26 de maio, de 9h às 17h, no Cardume Coworking, a estudante de Relações Públicas promove o “Ella: Nossa família e vivências”, com o objetivo de propor a interação do público feminino pertencente à comunidade LGBT e suas famílias. 

O evento nasceu através do trabalho de conclusão de curso e assim surgiu o sentimento de fazer algo para as mudanças sociais acontecerem. “A intenção é desmistificar alguns preconceitos que, por vezes, se manifestam desde a convivência doméstica até os diferentes ambientes da sociedade no geral”, diz a organizadora.

A programação conta com oficinas, rodas de debate, apresentações e feirinha com gastronomia e artesanato. As oficinas têm o objetivo de dar visibilidade ao trabalho de mulheres na cidade e ser um espaço de compartilhamento de conhecimentos diversos entre as mesmas. 

Evento

Nas rodas de debate, serão discutidos assuntos como a saúde da mulher lésbica, bissexual e transexual; os direitos das mulheres; a realidade de mulheres transexuais no mercado de trabalho. Outra roda promove, em especial, a conversa entre mães com filhos e filhas pertencentes à comunidade LGBT+, para que essa vivência seja compartilhada do ponto de vista dos familiares.

Além disso, serão oferecidas oficinas de fotografia, pintura e expressão,  mecânica para mulheres, cosmetologia e genderless. “O objetivo é dar visibilidade ao trabalho que essas mulheres desenvolvem, um espaço onde elas possam compartilhar com outras mulheres seus conhecimentos, o que funciona como empoderamento mesmo. Geralmente vejo oficinas de fotografia, por exemplo, sendo oferecidas por homens, nunca vi uma oficina de mecânica de veículos direcionada apenas a mulheres”, comenta Samilla. 

O “Ella” ainda contará com cozinha, e feirinha com venda de doces, terá também exposição e venda de perfumes artesanais, artesanatos e plantas. Ao fim do evento, a artista e educadora social Maria Moraes retratará o tema com uma performance temática e a cantora Renata Martins se apresenta com voz e violão para o público presente. 

A entrada é gratuita e o acesso para cada oficina é de R$ 5. A inscrição geral e por oficina pode ser feita pelo link doity.com.br/ella, ou presencialmente, no dia do evento.
“Eu espero que o evento seja um espaço de troca entre quem se propor a participar. Trocas de dúvidas, vivências, experiências. Que todo mundo saia ganhando conhecimento da forma mais respeitosa possível” diz.

Serviço
O quê: Evento “Ella, nossa família e vivências”
Quando26 de maio
Horário: De 9h às 17h
Onde: Cardume Coworking, localizado na Rua das Orquídeas, 159, Conjunto Tiradentes

Programação 

Oficinas
(9h30-10h30) Fotografia Básica -  Com a fotógrafa Lídia Moura, que objetiva o ensino de técnicas práticas de fotografia que podem ser aplicadas no cotidiano;
(10h30-11h30) Genderless: Moda além do estilo - Com a designer Samantha Neves, que propõe um trabalho através da visão social da moda e seus significados;
(11h30-12h30) Pintura e Expressão - Com a artista visual Caroene Neves, que irá tratar da arte por meio de uma pequena jornada pessoal à caminho do autoconhecimento; 
(13h-14h) Cosmetologia: Do natural ao acessível - Com a esteticista Thaís Caroline, que compartilha seu conhecimento sobre os cuidados com a pele que podem ser, ao mesmo tempo, sustentáveis e de baixo custo;
(14h-15h) Mecânica para Mulheres - Com a instrutora Rosecleide Virgolino ensinando sobre os principais sistemas do veículo, troca de pneus e calibragem.

Rodas de Debate
(10h-11h) Direitos da Mulher, com Graça Soares Prola (sub-secretária da SEAS) e Daniela Ortiz (advogada);
(11h15-12h15) Saúde da Mulher LBT, com a Dra. Dária Neves (ginecologista) e Rebeca Jatahy (psicóloga);
(13h-14h) Vivência de mães com filhos e filhas LGBTs, com Cinthia Fonseca, coordenadora estadual da ONG Mães pela Diversidade;
(15h-16h) Mulheres Trans no Mercado de Trabalho, com Mirna Lysa eJoyce Gomes, secretária-geral e presidente da ASSOTRAM.

Publicidade
Publicidade