Publicidade
Entretenimento
Buzz

Elton John lamenta morte e exclusão de Donna Summer no Hall da Fama do Rock

"Ela nunca ter entrado no Hall da Fama do Rock and Roll é uma desgraça total, especialmente quando vejo talentos de segunda categoria sendo incluídos. Ela é uma grande amiga para mim e para a Fundação Aids Elton John, e eu vou sentir muito a sua falta", disse 17/05/2012 às 16:45
Show 1
O cantor Elton John em jantar beneficente contra o desmatamento, em Nova York (3/4/12)
UOL/CELEBRIDADES ---

A morte de Donna Summer, na manhã desta quinta-feira (17), movimentou o mundo artístico. Em comunicado, Elton John lamentou o ocorrido e disse que considera a cantora mais do que a "Rainha da Disco". "Ela nunca ter entrado no Hall da Fama do Rock and Roll é uma desgraça total, especialmente quando vejo talentos de segunda categoria sendo incluídos. Ela é uma grande amiga para mim e para a Fundação Aids Elton John, e eu vou sentir muito a sua falta", disse ele.

Contemporânea de Summer, a cantora e atriz Dionne Warwick também divulgou nota sobre o caso. "Meu coração está com a família e os filhos dela. As preces os manterão fortes", disse ela. Pelo Twitter, o cantor e produtor de música eletrônica Moby também prestou tributo. "Muito, muito triste. Donna Summer morreu. Palavras não expressam o impacto e a influência que ela teve na música", escreveu ele.

O grupo de música eletrônica Ladytron lembrou comentário do produtor Brian Eno sobre a cantora. "Ao ouvir 'I Feel Love' em 1976, Brian Eno disse a David Bowie que ele havia ouvido 'o futuro'. Nós ouvimos. Descance em paz, Donna Summer". O produtor Timbaland também falou sobre a morte de Summer: "Isso não pode ser verdade... Não posso acreditar que Donna Summer morreu. Estou sem palavras".

No Brasil, a atriz Cristiana Oliveira diz que a cantora fez parte de sua adolescência: "Donna Summer marcou minha adolescencia...triste", escreveu, em seu perfil no microblog. O humorista Tom Cavalcante conta que conheceu a cantora em São Paulo: "Donna Summer nos deixa... Que Pena. A conheci aqui em São Paulo alegre e espalhando simpatia. Inesquecivel. No more tears. Diva fica com Deus".