Publicidade
Entretenimento
Buzz

Em 'Avenida Brasil', cafetão espanca Roni e dá um tiro em Suelen

A morena interpretada por Isis Valverde, vai voltar a atuar em uma boate e levará uma surra do seu cafetão. Mas além de apanhar, ela vai levar um tiro e ficará à beira da morte 08/06/2012 às 08:14
Show 1
Suelen (Ísis Valverde) vai passar por maus bocados em 'Avenida Brasil'
acritica.com ---

Na novela 'Avenida Brasil', a periguete  Suelen (Ísis Valverde) vai por maus bocados . Após assumir para Roni (Daniel Rocha) que é boliviana e veio ao Brasil para trabalhar como prostituta,  a morena vai voltar a atuar em uma boate e levará uma surra do seu cafetão. Mas além de apanhar, ela vai levar um tiro e ficará à beira da morte.
 
Tudo acontece quando Roni resolve voltar à casa de prostituição para tentar salvar Suelen. Ao pular o muro do local, o celular cai no chão sem que ele perceba. O jovem sai chamando por ela, até que a encontra algemada e toda arrebentada.

Suelen manda Roni ir embora dali, e quando ele está saindo, dá de cara com o cafetão. O rapaz é brutalmente espancado por Ramon e seus capangas.
 
Dolores (Paula Burlamaqui) e Diógenes (Otávio Augusto) vão ficar preocupados com o sumisso do garoto. Com a ajuda de Leandro (Thiago Martins), eles vão até a boate procurar por Roni. Lá, o jogador diz que sabe que Suelen está ali e que vai chamar a polícia.
 
Ramon conversa com a periguete e manda dispensar todos de lá. Antes, ela consegue arrancar uma medalha que Roni está usando. Neste momento, o rapaz já estará completamente detonado e nem percebe a ação da morena.
 
Suelen vai ao encontro de Diógenes e dá seu show: "Mas vocês me amam mesmo, hein?! Vir até esse fim de mundo atrás de mim... Suelen, a mulher inesquecível!". Em meio à conversa, ela entrega a medalha de Roni para Diógenes e ele chama a polícia.

Ramon decide fugir da boate, mas antes diz que vai matar Roni. "Vai ser rápido. Ele nem vai sentir. Vai morrer com um tiro na cabeça, igual às vacas...", diz o cafetão. Ramon coloca a arma na cabeça do jogador e Suelen entra no meio deles: "Pode me matar", grita.
 
De repente, os policiais invadem o local e, tenso, Ramon vira a arma para Suelen e atira. A polícia entra disparando e Ramon é baleado e morto.
 
Após levar o tiro, Suelen tomba desacordada. Diógenes e Leandro entram no local e ficam desnorteados. Todos gritam desesperados, pedindo uma ambulância para Suelen.