Publicidade
Entretenimento
Buzz

Em 'Avenida Brasil', Carminha é internada em clínica de repouso

No capítulo que vai ao ar no dia 11 de agosto, o médico explicará a Tufão (Murilo Benício) que sua mulher terá de ficar internada por alguns dias 29/07/2012 às 14:57
Show 1
Carminha (Adriana Esteves) em cena de "Avenida Brasil"
uol/televisão ---

Depois de ter vários surtos de ódio, Carminha (Adriana Esteves) será internada em uma clínica de repouso em “Avenida Brasil”. No capítulo que vai ao ar no dia 11 de agosto, o médico explicará a Tufão (Murilo Benício) que sua mulher terá de ficar internada por alguns dias.

Max (Marcello Novaes) perguntará ao médico por quantos dias Carminha precisará ficar no hospital: uma semana, um mês. “Ai, bebê! Como ele vai saber? Tem que ver se ela melhora...”, dirá Ivana (Letícia Isnard).

O médico dará razão a Ivana e explicará que a partir de agora eles precisarão acompanhar a evolução do quadro. Depois de ouvir o médico falar, Max irá até a cozinha conversar com Nina (Débora Falabella) sobre a internação.

MAX— Até onde você pretende chegar com essa loucura, posso saber?

NINA— (CÍNICA) Seu Max, que surpresa! Veio ver a sua esposa? Tava com saudades da dona Ivana?

MAX— Eu te falei que venho aqui a hora que eu bem entender... Fica sabendo que eu não gostei nada, nada dessa história da Carminha ir parar num hospício por sua causa! Não concordo nem um pouco com essa vingança horrorosa que você tá fazendo. Se eu soubesse que você ia partir pra esse tipo de jogo covarde, eu...

NINA— (IMPACIENTE) Peraí, peraí, peraí... Qual é a tua? Essa tua amante aqui não te basta, não? Vai continuar fixado na Carminha até quando?

MAX— (RECUA) Não é isso... Mas a verdade é que você tá muito mais interessada na sua vingança contra a Carminha do que em mim. Aliás, pra se dizer minha amante, você precisa me satisfazer certas necessidades que ela sabia satisfazer muito bem...

NINA— Tá esquecido, Max?  Acho melhor você lembrar que ela te tratava como um capacho a troco de ninharia. Já eu sou a mulher ideal pra você, porque sei te dar valor! Você hoje é dono de um barco, tem uma grana preta na mão pra torrar como quiser e sem ter que dar satisfações pra ninguém. Agora, se você prefere a vida de antes, de bobinho da corte na casa da mulher do jogador de futebol...

De repente, Ivana entrará na cozinha, falando desconsolada.

IVANA— Max, pelo amor de Deus, vem dar uma força. Aquele padrinho da Carminha, o Nilo, tá lá fora, querendo entrar. A gente não sabe o que fazer com ele...

MAX— Urubu desgraçado! Não pode ver uma carniça. Vem, Ivana!

Max troca um olhar com Nina, que fica tensa, e sai com Ivana.

No mesmo capítulo, Tufão irá visitar Carminha na clínica. O médico dirá ao ex-jogador que sua mulher está mais calma, mas perguntará se existe algum motivo para ela implicar tanto com a cozinheira e o cunhado do casal a ponto de ter um surto. O médico explicará que as mudanças de Carminha podem indicar um transtorno bipolar. Antes de Tufão entrar no quarto, Carminha aparecerá na cama se controlando.

CARMINHA— Calma, Carmen Lúcia, calma... (SE ESTAPEIA) Calma, droga! (RESPIRA FUNDO) Você tem que parecer calma...

A porta abre lentamente e Tufão entra. Carminha finge que está calma.

TUFÃO— Oi... (PEGA NA MÃO DELA, BEIJA) Como é que você tá?

CARMINHA— Meu amor... Tô melhor! Fiquei aqui, conversando com Deus e entendi o que aconteceu comigo, Tufão... 

TUFÃO— Jura? Olha que bom... E o que você acha que é?

CARMINHA— Acho não! Eu tô traumatizada! Primeiro aquele meu sequestro... Ficar na mão daqueles marginais, em condições desumanas, sofrendo tortura psicológica... “vou te matar”, “você vai morrer” e me xingavam... 

TUFÃO— Não pensa nisso, Carminha...

CARMINHA— Depois os problemas com o Jorginho, o acidente dele... Fundi! E quem pagou o pato foi o Max e a coitada da Nina! Não vejo a hora de voltar pra casa pra pedir perdão pra eles, Tufão. Aí sim, eu vou ficar totalmente em paz!

TUFÃO— Que bom, Carminha! Fico muito feliz por isso.

CARMINHA— Amanhã o médico vai me dar alta, não vai?

TUFÃO— Ele não disse... Mas pra que pressa? O Max e a Nina te amam, como todos lá em casa, eles vão compreender...

CARMINHA— (SE CONTROLANDO) Tenho certeza...

Tufão abraça Carminha, que se controla.