Publicidade
Entretenimento
Buzz

Em 'Avenida Brasil', Max abandona Ivana e deixa mansão de Tufão

Esperta, Nina faz a cabeça de Max para ele ir embora da mansão 04/07/2012 às 07:51
Show 1
Nina e Max
uol/televisão ---

Depois de Max (Marcelo Novaes) ser acusado por Jorginho (Cauã Reymond) como o responsável pelo roubo a casa de Tufão (Murílio Benício), o vilão decide ir embora da mansão. Mesmo com o insistente choro de sua esposa Ivana (Letícia Isnard) e as ameaças de Carminha (Adriana Esteves), ele não cede e toma a decisão. A cena vai ao ar nesta quarta (4).

Tudo começa quando Jorginho conta para toda a família que quem mandou assaltar a mansão foi Max. O capanga de Carminha fica revoltado e, no escuro, diz para Nina (Débora Falabella) que vai embora da casa.  Só que Ivana chega, a chef de cozinha se esconde, e começa a dar bronca no marido.

Revoltado, ele declara que não vai ficar mais naquele lugar: “Não aceito ser acusado de ladrão pelo playboyzinho mimado! Eu tenho orgulho nessa cara! Quer saber, Ivana? Eu vou embora dessa casa!”.

Chorando desesperada, Ivana e Max discutem e ele está certo do que vai fazer. Ele decide contar a todos, que ficam indignados com a decisão. Até Tufão tenta convencê-lo a continuar na casa.

Em uma conversa separadamente com Carminha, a vilã não entende o porquê da decisão de seu capanga e pede para que ele não vá embora. Max diz que a parceira com a madame não acabou ainda.

MAX   — Não precisa ficar com medinho, não. Nós dois continuamos sócios... Você sabe que eu podia ter acabado com a sua vida, né? Ali mesmo, naquela sala... Eu podia ter detonado você, Carminha. Puft! E eu não fiz isso.
CARMINHA    — Quem é a vagabunda, Max? Quem é a mulher que tá fazendo a sua cabeça?
MAX  — Tem mulher nenhuma, não.
CARMINHA  — Max, olha pra mim! Eu sou a mulher da sua vida. Eu sempre fui! Você sabe disso, não sabe? Nós dois... Sócios, parceiros, amantes... A vida inteira foi assim, vai ser assim pra sempre. Não tem mais volta, não adianta lutar contra isso.
MAX  — Olha só! Tô gostando de ver. Já tá falando comigo de outro jeito. Não tem nada como se valorizar mermo.
CARMINHA    — Max, não faz isso. Não sai dessa casa, não me deixa aqui sozinha com essa gente!

Depois de fazer as malas, ele vai embora em um carro velho e Ivana chora desesperadamente.

IVANA   — Max! Volta, meu amor! (T) Me larga, pai! Me larga, Tufão! Eu quero ir com meu marido! Max! Max!
MAX    — Isso não é uma despedida, meu amor. Só to precisando de um tempo pra botar a cabeça no lugar. Pra me sentir digno de novo,  pra achar que eu te mereço...
CARMINHA    — Presta atenção ao caminho que você tá escolhendo, Max. Ele pode não ter volta...