Publicidade
Entretenimento
Buzz

Em 'Avenida Brasil' Tufão toma coragem e declara seu amor a Nina

 “Você não vai embora de jeito nenhum. Eu não vou deixar, entendeu? Eu não posso ficar sem você, Nina... Porque eu te amo!”, dispara Tufão para a empregada 17/08/2012 às 07:39
Show 1
Em 'Avenida Brasil' Tufão toma coragem e declara seu amor a Nina
acritica.com ---

De acordo com a coluna “TV e Lazer” do jornal “Extra”, o ex-craque do Flamengo Tufão (Murilo Benício) não consegue esconder o amor por Nina (Débora Falabella) e se declara para a cozinheira, em “Avenida Brasil”. O ex-jogador decide revelar seu sentimento para a empregada quando ela pede demissão. “Você não vai embora de jeito nenhum. Eu não vou deixar, entendeu? Eu não posso ficar sem você, Nina... Porque eu te amo!”, dispara Tufão.

Nina decide sair da casa do ex-atleta após Jorginho (Cauã Reymond) contar que seu pai está caidinho por ela. “Sai logo daquela casa. A gente tem que se mandar daqui. Vamos pra Califórnia, só nós dois. Vamos dar um tempo, ficar na boa, ser feliz. Viver a nossa história, o nosso amor... E tem que ser já. Não dá mais pra esperar...”, afirma o rapaz. A cozinheira fica impressionada com a angústia do namorado e insiste em saber o que está acontecendo. “É o meu pai, Nina... Meu pai tá apaixonado por você”, garante Jorginho.

A empregada fica em choque e diz ao jogador que nunca teve a intenção de seduzir o patrão. Jorginho afirma que está vivendo seu pior pesadelo, já que nunca teve segredos com o pai. E que está péssimo porque foi justamente o amor por Nina que fez Tufão tomar a melhor decisão de sua vida: se separar de Carminha (Adriana Esteves). “Você entende agora por que você não pode voltar naquela casa? Você não pode nem se aproximar do Tufão...”, afirma o rapaz.

Nina concorda com o namorado e diz que vai pedir as contas imediatamente. “Eu prometo que vai ser a última vez que eu vou pisar naquela casa como empregada. Quando eu voltar lá vai ser junto com você, como tua mulher. Confia em mim. Confia no meu amor. Ele é todo seu. Só seu e de mais ninguém”, garante a cozinheira.

A empregada, então, voa para mansão e enquanto arruma suas coisas, Tufão aparece no quarto. O ex-jogador fica nervoso com a decisão da cozinheira e, num ímpeto, se declara a ela. “Eu não quero mais que você me sirva, que você durma nesse quarto, que trabalhe pra mim... Quero que você seja minha mulher, minha companheira... Quem vai te trazer café da manhã na cama, quem vai te mimar, sou eu! Eu tô te pedindo em namoro, Nina. Quer namorar comigo?”, pede o ex-jogador, afirmando que se apaixonou pela serviçal no dia em que ela entrou na mansão.

Nina fica constrangida, sem saber o que dizer. Mas Tufão continua a se declarar: “Você trouxe luz pra minha vida. Tudo de bom que aconteceu comigo nos últimos tempos foi graças a você. (...) Eu tomei coragem de me separar da Carminha, por sua causa. Eu tava morto antes de te conhecer e não sabia. Se hoje eu sinto meu coração bater de novo, é por sua causa”.

A cozinheira tenta demovê-lo dessa ideia falando de seu namorado. Mas o ex-atleta não quer nem saber. “Eu sei! E sei também que esse cara não te merece. (...) Eu posso ser um homem muito melhor pra você... (...) Eu não quero saber de nada da sua vida antes desse momento aqui, agora. Eu tô te propondo começar uma vida nova, comigo. Pode parecer caretice ou maluquice, mas eu me vejo casado com você por muitos anos. Eu posso te fazer feliz, Nina. Eu sei que posso...”, afirma Tufão.

Tufão pede para a cozinheira pensar em sua proposta. Sem graça, Nina diz que as palavras do patrão a tocaram muito, a surpreenderam demais, mas que sempre o colocou no lugar de um pai. “Isso foi antes de você saber que eu te amo. Tenta me ver de outro jeito agora. Por favor... Considera a minha proposta”, implora o ex-atleta. A cozinheira argumenta que tem um noivo, que vai se casar. Mas Tufão diz que também era noivo quando conheceu Carminha.

Nina faz menção de sair, Tufão a detém e, segurando sua mão, ratifica seu sentimento por ela. “Nina, não esquece... Eu te amo, eu te amo.”