Publicidade
Entretenimento
Vida

Especialistas ensinam etapas para obter uma pele saudável

Dentre as etapas básicas para garantir a beleza e a firmeza da pele estão a limpeza, tonificação, hidratação e proteção solar 23/01/2016 às 11:30
Show 1
Mesmo com a limpeza facial que fazemos em casa, de tempos em tempos é indicada a limpeza de pele profissional
Laynna Feitoza Manaus (AM)

Não é só um mero tônico que vai fazer milagres pela pele do seu rosto. Existe uma ordem exata para aplicarmos cremes faciais? Existe sim. E essa ordem faz toda a diferença no que diz respeito a uma pele mais bonita.

Dentre as etapas básicas para garantir a beleza e a firmeza da pele estão a limpeza, tonificação, hidratação e proteção solar. E aqui, nesta reportagem, especialistas falam  sobre o modo correto de aplicar produtos faciais. 

O ideal é começar fazendo a limpeza e seguir com os demais procedimentos como tonificação, hidratação e o protetor, segundo a dermatologista Montaha Jasserand. “A limpeza deve ser feita com sabonete liquido, sólido e até espuma. O que vai diferenciar os processos é o tipo de pele de cada paciente, que pode ser oleosa, seca ou mista”, explica a médica.

Conforme a especialista, não existe um horário definido para realizar a limpeza da pele. “O ideal é limpar a pele duas vezes ao dia no mínimo. Para peles mais oleosas, o ideal é fazer a limpeza pelo menos três vezes ao dia. Os erros mais comuns são o uso de cremes não indicados para o tipo de pele do paciente”, coloca ela.

“Cremes mais oleosos em uma pele não compatível podem até provocar acne. Esse problema se resolve com uma simples consulta ao dermatologista para a orientação correta”, complementa.

Ainda conforme a médica, não há diferenças entre os cuidados, entre homens e mulheres, que envolvem a aplicação de produtos na pele do rosto. “Assim, os cuidados valem para os dois. O único cuidado adicional para os homens é com a foliculite (pelos da barba encravados)”, diz Jasserand.

Estética

A esteticista Bárbara Costa diz o que é necessário para cumprir as etapas de limpeza de pele: “Higienização com sabonete e esfoliante, aplicação do emoliente junto ao vapor de ozônio de 15 a a 20 minutos, extração dos comedões (cravos), alta frequência por 5 minutos após a extração, avaliar o estado da pele para aplicação da máscara ideal por 20 minutos, hidratante facial e protetor”, dialoga. Aplique o produto sempre em movimentos circulares e massageadores, para ativar a circulação e auxiliar no bom resultado.

Outra questão, ao passar produtos de limpeza no rosto, é que na hora da extração dos cravos deve-se deixar o rosto limpo, para que o rosto não saia marcado. Sempre respeitando o limite da pele.  

“O aparelho da alta frequência também não deve ser usado em pessoas com presenças de metais no corpo ou gestantes. É preciso saber avaliar a pele para aplicar a máscara correta que variam entre máscaras secativas, revitalizantes, clareadoras, hidratantes, rejuvenescedora e calmante”, declara a esteticista.

Um exemplo comum de outro erro da utilização de cremes faciais é o uso de cremes noturno e diurnos para tratamento de manchas ou rejuvenescimentos, sem aplicar protetor solar diariamente e de 3 em 3 horas, o que faz os cremes serem utilizados em vão.

“O protetor solar é o produto mais importante de todos. Em caso de cremes de tratamento você só terá resultados satisfatórios protegendo a pele durante todo o dia”, coloca Bárbara.

Limpeza profissional

Mesmo com a limpeza facial que fazemos em casa, de tempos em tempos é indicada a limpeza de pele profissional. “A limpeza é indicada principalmente para a remoção de cravos abertos ou fechados, miliuns e pontos sebáceos, para desintoxicar a pele e remover as células mortas para manter a pele macia e saudável, reduzindo também a oleosidade. As células da pele se renovam a cada 28 dias, então o ideal é que a limpeza seja feita  a cada 30 ou 40 dias”, diz Bárbara.

Já Montaha alerta que uma limpeza de pele mais pesada não é indicada para todos os casos. “Nem pele com acne ativa deve receber limpeza de pele. O ideal é realizar em peles com cravos, para a redução do quadro.  A quantidade de vezes que a limpeza será feita vai depender da necessidade. Outra observação é que a limpeza deve ser feita sem machucar a pele”. afirma ela.