Publicidade
Entretenimento
Vida

Estilistas adiantam tendências carnavalescas de 2014

No Liquida Férias Bazar, cinco profissionais da área de moda mostram suas apostas deste ano em Manaus 22/01/2014 às 09:54
Show 1
Nil Lima já tem prontos diversos itens para a festa
Loyana Camelo ---

Com janeiro chegando ao fim, os preparativos para o Carnaval (este ano marcado para o dia 4 de março) já batem às portas. É hora de os fashionistas darem um gás nas produções pensadas para a festa repleta de cor e brilho. Para dar um aperitivo do que vem por aí, o Liquida Férias Bazar - evento que reúne moda, decoração e gastronomia - convidou cinco estilistas renomados da cidade para adiantarem suas apostas carnavalescas de 2014.

Durante os dias 31/01 e 01/02, o evento recebe Oziel Costa, Nil Lima, Vanusa Gadelha, Cristiane Batista e Werner Botelho. Cada um aproveitou a inspiração da festividade vindoura para produzir peças temáticas e exclusivas que estarão à venda para o público.

Pensando nas bandas de rua, a estilista e designer de moda Vanusa Gadelha, por exemplo, idealizou itens para compor looks confortáveis e leves. “Levarei shorts, blusinha e adereços como camélias coloridas que a pessoa pode usar inclusive depois do Carnaval. São roupas que combinam com o nosso clima: mais frescas, mais leves e que não apertam. A pessoa pode aproveitar uma banda numa boa sem estar preocupada se vai ficar desconfortável”, explica.

Inspiração francesa

Já Cristiane Batista, que comanda a grife Santa Cris, apresentará sua coleção de camisetas inspiradas no Carnaval francês. As estampas trazem símbolos como o Pierrot, a Colombina, pandeiros e máscaras. Além destas, a estilista apostou também nas casquetes com flores. “São bem alegres e coloridas, bem no ritmo de Carnaval”.

Segundo Cris, trata-se de uma festividade inspiradora para tanto para os estilistas nacionais como os internacionais, os quais criam coleções com base na sua cor e alegria.

Glamour

Para o artista plástico, carnavalesco e produtor de moda Werner Botelho, apesar de fugaz, a época de Carnaval deve ser bem aproveitada - e em sua opinião, isso significa abusar dos looks mais glamourosos. “Eu prefiro as produções que resgatam o Carnaval de antigamente, com detalhes refinados. Isso se perdeu um pouco em Manaus, que vive de banda de rua. Mas ainda é possível apostar no chique em eventos fechados, por exemplo”, opina.

Uma das preocupações de Botelho é estar sempre em dia com os itens da festa em questão, por isso, para o Liquida Férias Bazar promete levar alguns coringas que faz questão de ter para pronta entrega o ano todo.

“São acessórios como adornos de cabeça, máscaras, peças de customização para a pessoa colocar na roupa e transformar em outra peça”.

Apostando no brilho

Acostumado a criar produções para alas carnavalescas, Oziel Costa não tem dúvidas que a ordem é não regular o brilho. No Liquida Férias Bazar, ele contribui com itens para os brincantes de rua. “Vou levar saias com paetês, blusas decotadas, bermudas descoladas, camisas com decotes aparentes e estampas temáticas”, diz.

Brincadeira fascinante

Na opinião de Nil Lima, o mais fascinante no Carnaval é a “liberdade de brincar com fantasias, se divertir e encarnar personagens”, fazendo o estilista uma comparação com a volta à infância.

Nil listou uma série de adereços que irão com ele para o bazar: casquetes (ou fascinators), peças com glitter, plumas, maxicolares multicoloridos, flores para os cabelos, tiaras com plumas de pavão e galinha d’angola, máscaras com paetê, camisetas, brincos, tiarinhas e coroas. Grande parte destes já estavam prontos antes do convite para o evento. “Como produzo tudo sozinho, tenho peças prontas desde dezembro porque preciso me adiantar”.

O estilista faz questão de frisar que no seu Carnaval, o que impera não são as fantasias, mas sim os looks modernos. “Minha aposta é sempre para o lado da moda”.