Publicidade
Entretenimento
Moda londrina

Estilo ' Be yourself ' transforma Londres em uma capital da moda democrática

Confira o ensaio fotográfico feito pelo fotógrafo do jornal A Crítica Clóvis Miranda, nas ruas de Londres 13/08/2012 às 17:06
Show 1
Street style londrino é bem democrático
Camila Baranda Londres

Quando o assunto é moda não existe certo ou errado em Londres. Cada pessoa tem o próprio jeito de se vestir, sem medo de julgamentos ou olhares assustados. “Be yourself”, que em português significa “seja você mesmo”, é a regra na capital inglesa. Por ser cosmopolita e abrigar várias etnias e nacionalidades, em Londres há espaço para todos os estilos: do roqueiro ao clássico; do vintage ao moderno; do “bizarro” ao comum.

Seja dentro de uma estação de metrô ou em um parque da cidade, é comum sempre encontrar alguém chamando atenção por seu estilo diferente. O que parece ditar a moda é o que acontece nas ruas e não o que está exposto nas vitrines. Segundo o hair stylist Ricardo Ribeiro, brasileiro que mora em Londres há 20 anos, não existe outro lugar no mundo que passe tanta sensação de liberdade. “Eu cheguei aqui com 17 anos e a minha vida mudou. Eu sempre amei moda e gostei de me vestir de uma maneira diferente do convencional e isso às vezes não era bem visto pelas pessoas no Brasil. Aqui eu não me preocupo se estou com uma roupa colorida demais, se minha bolsa está muito chamativa, porque eu sei que ninguém vai ligar”, afirma.

Diversidade

E não são somente os estrangeiros que se admiram e se encantam pela maneira que Londres acolhe a moda. “Se eu pudesse definir Londres em uma palavra seria diversidade. Eu já vi de tudo aqui e confesso que mesmo sendo londrino, às vezes ainda me choco um pouco. Mas penso que se a pessoa quer pintar o cabelo de azul, raspar um lado da cabeça e andar de pijama na rua, tudo bem, é a vida dela. É isso que me faz ser tão apaixonado pela minha cidade, é tudo louco, tudo diferente, e mesmo assim todos vivem em harmonia”, conta o designer Josh Tomas.

E para ter estilo em Londres, não precisa gastar muito. A cidade é cheia de mercados, feirinhas e brechós onde se encontra de tudo e com preço bem razoável. “Dificilmente eu compro minhas roupas em um lugar só. Gosto de procurar bastante, pesquisar, porque sempre dá pra encontrar o que eu quero com um valor mais baixo”, diz a estudante londrina de moda, Sophie Roriz.

Locais estratégicos

Algumas regiões de Londres são famosas por concentrarem gente cheia de estilo, como Brick Lane, que fica no bairro de Tower Hamlets. Camden Town, que fica na zona Norte, é outro ponto de encontro dos fashionistas londrinos. Já Oxford Street é conhecida por reunir lojas de marcas caras, famosas e internacionais. Camden Market, Stable Market e o Lock Market são alguns dos mercados abertos.